Educação

Erro nos repasses do Fundeb são obras do descaso de Bolsonaro com a educação.

A lambança milionária realizada pelo governo de Jair Bolsonaro e pelo Ministério da Educação que tem a frente o reacionário e privatista ministro Milton Ribeiro é fruto da incompetência e descaso com a educação por parte desse governo.

sábado 27 de março| Edição do dia

Foto: reprodução redes sociais

O ultimo repasse dos recursos do FUNDEB para estados e municípios, sob responsabilidade da FNDE (Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação), ligado ao MEC, teve um erro de direcionamento escandaloso. Alguns estados receberam bem a mais do que seria o caso enquanto outros receberam a menos. Dos R$1,18 bilhões destinado ao fundo no mês de janeiro, R$ 776 milhões foram repassados de forma indevida pelo FNDE (Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação). O FNDE identificou o erro e determinou as restituições do dinheiro mas muito municípios já haviam utilizado o dinheiro.

Porém o governo poderia ter evitado esse erro e inclusive já havia sido alertado no ano passado sobre os riscos de casos como esse. Segundo reportagem da Folha de São Paulo um único funcionário é responsável pelo controle de repasses de verbas do FUNDEB, e o ministério da educação não tem nenhum sistema de controle para prevenir esse tipo de erro. Uma mostra bem evidente do descaso de Bolsonaro e seu reacionário ministro Milton Ribeiro com a educação no país.

Vale lembrar que o atual formato do Fundeb foi aprovado contra a vontade de Bolsonaro e Paulo Guedes que defendiam uma menor participação da União. E que, junto com sua base na câmara e seu ministro privatista Milton Ribeiro, Bolsonaro e Guedes queriam que os recursos do fundo para educação pública fossem destinados também para iniciativa privada.




Tópicos relacionados

Bolsonaro   /    Milton Ribeiro   /    Fundeb   /    MEC   /    Educação   /    Educação

Comentários

Comentar