×
Rede Internacional

ENTREGADORES DE APP | Entregadores de app vêm sendo agredidos pela polícia na Zona Sul do RJ

Entregadores são agredidos e algemados pela polícia enquanto esperam para poder reutilizar bicicleta.

terça-feira 15 de junho | Edição do dia

Imagem: Jaqueline Deister

Os entregadores são abordados pela polícia com frequência na Zona Sul do Rio de Janeiro enquanto esperam na fila para reutilizar a bicicleta que usam para trabalhar.

Um entregador chegou a ser algemado e agredido pela polícia no Largo do Machado. O trabalhador foi levado algemado enquanto outros trabalhadores protestavam.

A categoria convocou um ato na última segunda-feira, dia 14, em frente à Câmara dos Vereadores na Cinelândia, exigindo a aprovação de direitos para os entregadores de aplicativos em geral.

- RJ: Entregadores de app paralisam por aprovação de PL para melhorar condições de trabalho

Os entregadores chamaram o ato no horário que se iniciava a Audiência Pública sobre o Projeto de Lei dos Pontos de Apoio para Entregadores, exigindo sanitários e vestiários masculinos, sala para apoio e descanso dos trabalhadores, acesso a internet e pontos de recarga de celular gratuitos, espaço para refeições, espaço para estacionar bicicletas e motocicletas e ponto de espera para veículos de transporte individual privado de passageiros.

Os entregadores de aplicativos nunca tiveram o direito à quarentena e se expõem diariamente ao vírus enquanto as grandes empresas como Uber, iFood e Rappi lucram em cima de suas vidas. Agora também são assediados e agredidos pela polícia e sofrem na mão do Estado enquanto tentam trabalhar.

Leita também: E se metroviários, professores e entregadores chamassem um grande dia de paralisação no país?

A esquerda institucional e a busca de um caminho de subordinação ao PT




Comentários

Deixar Comentário


Destacados del día

Últimas noticias