Mundo Operário

CORREIOS

Entidades e organizações repudiam fechamento da agência dos Correios na Unicamp

Entidades sindicais, estudantis e organizações de esquerda repudiaram o fechamento da agência dos Correios na Unicamp que foi anunciado nesta segunda, 21. O fechamento da agência tem o objetivo de sobrecarregar os trabalhadores e avançar nos planos de precarização e privatização do serviço público, sendo também um importante ataque a população. Veja abaixo.

terça-feira 22 de dezembro de 2020| Edição do dia

Nesta segunda-feira, 21, trabalhadores da agência dos Correios situada dentro da Unicamp, foram surpreendidos com a informação de que a agência fechará suas portas já a partir do dia 30 deste mês, realocando os trabalhadores para outras agências da cidade. A agência, assim como tantas outras, já havia sido ameaçada de fechamento há pelo menos 2 anos e agora no fim do ano anunciam o seu fechamento em poucos dias.

Esse é um ataque significativo aos trabalhadores: na prática expressa ainda mais sobrecarga de trabalho, menos estrutura e precarização do serviço público à população. Ou seja, está de acordo com ataques que o governo de Bolsonaro e militares, junto ao judiciário, estão fazendo aos servidores públicos, em especial aos Correios. Os planos de privatização da empresa têm avançado fortemente, como vimos com os duros ataques que foram executados este ano, com retirada de mais de 50 cláusulas do acordo coletivo da categoria.

A agência da Unicamp prestava muitos serviços essenciais ao funcionamento da Universidade e a toda comunidade. Manteve-se ativa durante toda a pandemia da COVID-19, sem ao menos possuírem materiais de proteção adequados para evitar a contaminação dos trabalhadores.

Para responder a esse ataque às condições de trabalho e ao serviço público, convocamos todas entidades da Universidade e da cidade de Campinas, parlamentares e organizações de esquerda a repudiar o fechamento da agência. Exigimos que se mantenha a agência dos Correios no campus Barão Geraldo da Unicamp em defesa de seus trabalhadores e do importante serviço que prestam!

Assinam:

STU Unicamp
CUT Subsede Campinas
DCE Unicamp
CACH Unicamp
CAEQ Unicamp
CAFARMA Unicamp
CAAL Unicamp
CAXS Unicamp
CAEM Unicamp
CAL Unicamp
CAF Unicamp
CAFEQ Unicamp
CACo Unicamp
CAFEA Unicamp
CALI Unicamp
CAPMF Unicamp
MRT
PSTU
Travessia
1°de Maio
LSR-ASI
Mandato Mariana Conti




Tópicos relacionados

Privatização dos Correios   /    precarização   /    Privatização   /    Correios   /    Mundo Operário

Comentários

Comentar