Economia

LUCRO EM CIMA DA FOME

Enquanto milhares passam fome, lucro líquido da JBS aumenta em 65% em 2020

Mesmo em um período de crise econômica e alta de alimentos, empresa vem registrando bilhões de reais em lucros.

quinta-feira 25 de março| Edição do dia

IMAGEM: REPRODUÇÃO/RBSTV

Em meio a crise econômica e sanitária que se instaura no país, a empresa JBS registrou um lucro líquido de R$ 4,019 bilhões no quarto trimestre de 2020, aumentando 65% o lucro registrado nesse período em 2019. Sendo que sua receita líquida ficou em R$ 76,059 bilhões, aumentando anualmente em 33,1%.

Além disso, seu Ebtida ajustado ( que é o lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) foi de R$ 7,034 bilhões, aumentando em 24,1% em comparação com o quarto trimestre do ano passado. A própria empresa alega que esse crescimento também veio acompanhado pelo aumento do volume e de preço de sua mercadoria no mercado externo, sobretudo em Hong Kong e China, cuja receita de vendas aumentou em cerca de 60% nesse período.

Em 2020, tal crescimento também veio acompanhado porinúmeras denúncias de negligência com a saúde de seus funcionários, com surtos de contaminações em seus frigoríficos. Dessa forma, percebe-se a contradição deste sistema, onde uma empresa conhecida por proporcionar condições de trabalho precárias consegue lucrar em cima da crise. Algo que se agrava ainda mais quando os trabalhadores e os setores mais pobres vem perdendo cada vez mais sua capacidade de consumo, inclusive de alimentos, por conta do aumento de sua inflação, ao ponto de avançarmos nos índices de fome que o país passa.




Tópicos relacionados

Crise capitalista   /    Fome   /    JBS   /    crise econômica   /    Economia

Comentários

Comentar