×

Juventude Faísca | Encontro Nacional da Faísca: primeira mesa debaterá "A crise capitalista: Reforma ou Revolução?"

Nos dias 10, 11 e 12 de dezembro, terá lugar o Encontro Nacional Ideias Trotskistas Para Revolucionar o Mundo, da Juventude Faísca. Tendo início na noite de sexta feira, o Encontro abrirá com a mesa A Crise Capitalista: Reforma ou Revolução, que discutirá os caminhos e respostas colocadas diante da crise do capitalismo que vivemos.

segunda-feira 6 de dezembro de 2021 | Edição do dia

Esta primeira do acampamento contará com a presença de Iuri Tonelo e Odete Assis, debatendo os cenários colocados para a juventude, a classe trabalhadora e o conjunto dos explorados e oprimidos diante da crise do sistema capitalista, bem como as alternativas que tentam se apresentar diante dela. Trata-se de um debate cada vez mais atual, que parte de resgatar a tradição, método, e estratégia marxistas para fazer frente aos desafios do presente, buscando compreender as dinâmicas do sistema, suas limitações, e os motivos e meios pelos quais podemos lutar para que não seja, mais uma vez, nossa classe a condenada a pagar pela crise.

No Brasil de Bolsonaro, onde a fome e o desemprego crescem a ritmos alarmantes, forçando setores cada vez maiores da classe trabalhadora a condições degradantes, onde o direito da juventude ao futuro é cada vez mais atacado, com o acesso e continuidade dos estudos uma possibilidade mais e mais distante, e onde o meio ambiente é devastado para atender à ganância extrativista do agronegócio reacionário, assassino e destruidor da natureza, que enriquece cada vez mais enquanto o povo afunda na miséria, pensar caminhos para responder à situação e construir uma saída verdadeiramente dos trabalhadores e da juventude é urgente. Ao mesmo tempo, mesmo a quase um ano das eleições de 2022, e em um momento em que Lula e o PT crescentemente sinalizam para acordos com os empresários e a direita, deixando claro que não pretendem nenhuma mudança profunda frente às condições que nos trouxeram até aqui, crescem em amplos setores as ilusões na possibilidade de saídas eleitorais para melhorar nossas condições de vida, ou pelo menos frear os ataques. É frente a isso que se mostra essencial rearmar-se com as grandes discussões e conclusões estratégias que nos são legadas pela tradição marxista, para compreender profundamente a dinâmica de crise capitalista pela qual chegamos aos estamos, e quais são as reais possibilidades de nos organizarmos e lutarmos por uma alternativa.

A mesa ocorrerá a partir das 19h30, na sexta feira (10/12) e poderá ser acompanhada presencialmente, no Rio de Janeiro, ou pela internet.

Iuri Tonelo é pesquisador do pós-doutorado em sociologia na UFPE, autor dos livros “A crise capitalista” e suas formas e “No entanto ela se move”. Odete Assis é mestranda em Literatura na UFMG e co organizadora do livro Mulheres Negras e Marxismo




Comentários

Deixar Comentário


Destacados del día

Últimas noticias