Mundo Operário

Trensurb

Em protesto, trabalhadores da Trensurb paralisam por 1 hora em Porto Alegre

A paralisação de hoje (20) tinha a previsão por parte dos trabalhadores de se estender por duas horas, contudo a justiça de Porto Alegre preocupada com o lucro dos empresários determinou que a manifestação por vacina e melhores condições de trabalho, poderia se dar por apenas uma hora.

terça-feira 20 de abril| Edição do dia

A paralisação de hoje (20) tinha a previsão por parte dos trabalhadores de se estender por duas horas, contudo a justiça de Porto Alegre preocupada com o lucro dos empresários determinou que a manifestação por vacina e melhores condições de trabalho, poderia se dar por apenas uma hora.

Esse movimento vem em sincronia com diversos focos de resistência dos trabalhadores da linha de frente contra a Covid, exigindo vacinas, lutando contra demissões e fechamento de linhas. Aqui em Porto Alegre não é diferente a situação dos metroviários, nem dos rodoviários que vêm sendo atacados durantes a pandemia, apesar de serem atividades essenciais.

Como apontamos aqui, exigimos junto aos trabalhadores que as centrais sindicais parem de dividir as lutas das categorias que se dão pelo Brasil afora. É preciso unificar essas atividades essenciais (rodoviários, metroviários, metalúrgicos, professores, enfermeiras, trabalhadores da limpeza urbana...) que estão expressando resistência, em uma greve geral, só assim as demandas da nossa classe serão ouvidas. Basta de mortes para aqueles que arriscam todo dia sua vida na linha de frente!




Tópicos relacionados

trensurb   /    Greve dos Transportes   /    Pandemia   /    Greve Geral   /    Greve   /    Porto Alegre   /    Centrais Sindicais   /    Mundo Operário

Comentários

Comentar