×

Golpismo | Em mensagem de whatsapp, Bolsonaro convoca mobilização para um "contragolpe" no 7 de setembro

Segundo colunista, em uma lista de transmissão com ministros de Estado, apoiadores e amigos do presidente, Bolsonaro divulgou mensagem que pede a seus apoiadores para no dia 07 de setembro realizarem a maior manifestação da história com objetivo de autorizar o presidente e as Forças Armadas "em caso de um bastante provável e necessário contragolpe que terão que implementar em breve".

segunda-feira 16 de agosto | Edição do dia

Foto por: Marcelo Camargo/Agência Brasil

Reportagem do jornal Metrópoles, do colunista Guilherme Amado, revelou que em uma lista de transmissão do número de celular do presidente, Bolsonaro encaminhou uma mensagem que convoca seus apoiadores para no dia 7 de setembro realizarem uma manifestação "(...) absurdamente gigante, ou seja, o tamanho desta manifestação deverá ser o maior já visto na história do país (...)". O intuito dessa enorme mobilização segundo a mensagem seria:

" (...) para que dê a ele e às FFAA, para que, em caso de um bastante provável e necessário contragolpe que terão que implementar em breve, diante do grave avanço do golpe já em curso há tempos e que agora avança de forma muito mais agressiva, perpetrado pelo Poder Judiciário, esquerda e todo um aparato, inclusive internacional, de interesses escusos.”

Nessa lista de transmissão estariam ministros de Estado, apoiadores e amigos do presidente. Em diversas passagens da mensagem, o texto faz questão de se referir sempre às intenções de Bolsonaro e das Forças Armadas de forma combinada:

“As FFAA (Forças Armadas) e o presidente Bolsonaro vêm tentando de todas as formas evitar uma ruptura institucional, pois sabem o grande problema que inicialmente poderá representar a todos nós, isso se chama cautela e estratégia, visando um bem maior e comum à nação”.

Veja a íntegra da mensagem:




Comentários

Deixar Comentário


Destacados del día

Últimas noticias