Sociedade

GUARULHOS

Em Guarulhos crianças do bolsa família passam fome

terça-feira 27 de abril| Edição do dia

Em meio à catástrofe social, econômica e sanitária capitalista, crianças que deveriam ser beneficiadas com cestas básicas do bolsa família estão passando fome em Guarulhos. Segundo matéria publicada pela assessoria de imprensa da Câmara legislativa de Guarulhos, até mesmo os políticos dos ricos estão começando a se preocupar com essa situação.

Certamente não estão preocupados pela vida das crianças, mas sim mais preocupados com seus próprios interesses políticos. Até porque a vereadora Márcia Taschetti, que elaborou o requerimento solicitando esclarecimentos sobre isso, pertence ao PP, partido do centrão, altamente envolvido nas corrupções da política dos ricos e hoje base do governo Bolsonaro, que é o principal responsável pelas condições de miséria e pela fome no país, sendo o principal representante dos interesses dos ricos, que elevam suas fortunas enquanto a classe trabalhadora sofre, trabalhando exposta ao vírus em meio à pandemia e em condições crescentemente precárias, à beira da fome, assim como 59,4% dos lares brasileiros. Da mesma forma, o vereador Jorginho Mota, do PTC, outro partido de direita bolsonarista, propõe que os vereadores façam campanha doando mil reais, dos seus R$ 15.482,45 mensais (o salário de vereador mais alto do Estado de São Paulo) para as cestas básicas. A demagogia desses senhores e senhoras esconde na verdade o medo que eles tem da revolta entre os "debaixo", entre os trabalhadores, que enquanto são contaminados, jogados ao desemprego, para morrer de Covid e passar fome, são ao mesmo tempo a força que tudo produz e por isso, se organizada independentemente pode ser a única a dar uma saída a profunda crise que o capitalismo tem levado a nossa sociedade.

O PT, através do vereador Prof. Rômulo Ornelas, criticou a falta de cestas básicas para crianças em condição de vulnerabilidade alimentar em Guarulhos, mas o partido é um dos grandes responsáveis por não oferecer nenhuma alternativa independente aos trabalhadores.

Justo em um país que alimenta 10% da população mundial, o papel que esse partido cumpre é traidor. Preferem compactuar com setores da direita em iniciativas parlamentares ao mesmo tempo que imobilizam completamente a maioria dos grandes sindicatos do imenso parque industrial de Guarulhos, assim como os grandes centros de serviços estratégicos, como o aeroporto de Guarulhos. Tudo isso em função de um plano que se constitui exclusivamente em esperar as eleições de 2022 e votar em Lula.

Ao mesmo tempo que o PT não faz nada, o partido dirige a CUT, a maior central sindical do país, que deveria convocar um plano de emergência, chamando as grandes centrais e todos os sindicatos para tomarem a frente de uma ampla mobilização unificando as categorias para lutar contra o desemprego, revogação das reformas trabalhista e da previdência e todos ataques aprovados durante a pandemia, que é justamente o que está jogando a população na miséria, convocando a classe trabalhadora empregada a se solidarizar em defesa dos desempregados e informais que são obrigados a viver na miséria do auxílio emergencial e dependentes da falsa caridade dos ricos.

Assim como impulsionar comitês de distribuição de alimentos organizados pelos sindicatos, articulado com medidas de vigilância das condições sanitárias nos bairros e locais de trabalho e estudo.

Lutar pela construção de restaurantes populares nas periferias e confisco dos estoques do agronegócio para alimentar a população trabalhadora e como medida contra o desemprego.

Lutar por vacina para todos, através da quebra das patentes para acelerar a produção das vacinas.

Ao se colocarem engajados em uma campanha como essa, os sindicatos conquistariam ao mesmo tempo o apoio da população na luta direta dos trabalhadores contra seus patrões, que vem demitindo aos milhares, retirando direitos, precarizando, terceirizando, reduzindo jornadas e salários. Lutas como as das trabalhadoras e dos trabalhadores da LG e das terceirizadas Suntech, Bluetech e 3C ganhariam ainda mais apoio de toda população, gerando uma força capaz de as levarem a vitória.

Apenas uma forte aliança e um programa político como esse pode apontar o caminho capaz de fazer frente à barbárie dos capitalistas e seus governos.




Tópicos relacionados

Bolsa Família   /    Pandemia   /    Guarulhos   /    Fome   /    Sociedade   /    Política   /    Mundo Operário

Comentários

Comentar