APAGÃO NO AMAPÁ

Em 5 dias de apagão, energia no Amapá ainda não voltou totalmente

Em meio as graves consequências, também foi anunciado o racionamento de energia pelo governo

sábado 7 de novembro| Edição do dia

Imagem: Reprodução TV Globo

Já se passaram cinco dias de apagão no Amapá, e segundo relatos, alguns bairros da capital do estado, Macapá, estão retornando a energia, enquanto inúmeros outros lugares seguem sem luz, mesmo agora.

Depois de um incêndio numa subestação de distribuição de energia elétrica, administrada por uma empresa privada, cerca de 14 municípios dos 16 do Amapá, tiveram seu fornecimento de energia elétrica afetado, atingindo 782 mil pessoas. Ainda que algumas localidades mais afastadas da subestação, como Oiapoque e Laranjal do Jari não tenham sofrido com falta de energia.

Segundo o comunicado do governo de Amapá, o fornecimento de energia seguirá sendo parcialmente restabelecido nos próximos dias e também será feito um racionamento através de rodízios de seis horas. Isso pelo fato de que o estado vem recebendo metade da quantidade de energia elétrica necessária, sem ter normalizado a situação até então.

Já o Ministério de Minas e Energia levantou que que o sistema elétrico de Macapá, voltou a ser conectado à rede de transmissão e os reparos de um dos transformadores foram concluídos.

Enquanto isso, não há nenhuma previsão de normalização do sistema de abastecimento em meio a própria pandemia a uma crise econômica que vem atingindo a população, na qual a utilização da energia elétrica é fundamental para diferentes necessidades. Apenas uma parcela da mesma vem gradativamente recebendo a energia, ainda com as limitações provocadas pelo rodízio, que segue também sem nenhuma previsão de tempo para terminar. Tudo isso fruto dos efeitos da privatização que segue avançando pelo governo Bolsonaro.




Tópicos relacionados

#SOSAmapá   /    Amapá   /    Infraestrutura   /    Governo Bolsonaro

Comentários

Comentar