×

USP | Eleição do CO: por uma chapa de unidade, apresentamos à Diretoria do SINTUSP e a toda categoria o nome da Babi do HU

No dia 09 de junho vai acontecer a eleição pro Conselho Universitário (CO) da Universidade de São Paulo, as inscrições serão feitas até dia 31 de maio. Nesta terça-feira, dia 24/05, vai acontecer a assembleia do SINTUSP para pautar a campanha salarial e discutir e votar os três (03) nomes que serão indicados pelos trabalhadores com o compromisso de defender as demandas da nossa categoria de maneira independente da Reitoria.

sexta-feira 20 de maio | Edição do dia

Nós, do Movimento Nossa Classe, propusemos à Diretoria do SINTUSP apresentarmos e defendermos juntos na assembleia 03 (três) nomes, sendo 02 (dois) indicados pela Diretoria e 01 (um) o nome da companheira Bárbara Dellatorre (Babi, do HU), perseguida com vários processos por lutar junto às trabalhadoras e trabalhadores do HU e da USP e junto ao Sintusp e outras entidades, em defesa das condições de trabalho no hospital durante a pandemia, a primeira trabalhadora do HU a ser eleita representante dos trabalhadores da USP no Conselho Universitário - e tendo sido a mais votada -, para seguir na representação dos trabalhadores no CO.

Em nossa avaliação, em um cenário nacional polarizado pelas eleições presidenciais, tendo de um lado a extrema-direita bolsonarista, e do outro uma diluição da esquerda em uma frente ampla junto com Alckmin, a divisão da vanguarda que defende uma política de independência de classe só enfraquece a luta da classe trabalhadora. Por isso, a nível nacional compomos o Pólo Socialista e Revolucionário junto das organizações que são parte da Diretoria do SINTUSP, e aqui na USP estamos propondo a conformação de uma chapa unificada para ser apresentada na assembleia do dia 24/05, sendo um dos três nomes, o da companheira Babi, do HU.

Chamamos os trabalhadores da USP a participarem dessa importante assembleia dia 24/05, que será híbrida (presencial no Sindicato e virtual), e defendermos juntos o nome da Babi e de outros (as) dois (duas) companheiros (as) que, assim como Babi também estejam comprometidos com a luta da categoria.

Tornamos pública abaixo a Carta que enviamos à Diretoria do SINTUSP com essa proposta:

Carta à diretoria do Sintusp: pela unidade da vanguarda na USP, propomos uma chapa unificada nas eleições do Conselho Universitário, e indicamos o nome da Babi do HU

No dia 09 de junho vai acontecer a eleição pro Conselho Universitário (CO) da Universidade de São Paulo, as inscrições serão feitas até dia 31 de maio. Nesta terça-feira, dia 24/05, vai acontecer a assembleia do SINTUSP para pautar a campanha salarial e discutir e votar os três (03) nomes que serão indicados pelos trabalhadores com o compromisso de defender as demandas da nossa categoria de maneira independente da Reitoria.

Aqui na USP, embora os Reitores e o conjunto da burocracia universitária tenham se localizado criticamente ao governo Bolsonaro, o que vemos é também uma política de ataques aos trabalhadores e desmonte do serviço público, com uma enorme sobrecarga de trabalho, o congelamento das contratações e do salário e o desmonte do Hospital Universitário com pretensões de abri-lo às Fundações privadas e Organizações Sociais (OS’s), como estão fazendo com o HRAC.

Diante disso, avaliamos que a construção prévia de uma chapa unificada entre as principais forças políticas da vanguarda, como o Coletivo Piqueteiros e Lutadores, o Movimento Nossa Classe e o Enfrentamento, para ser apresentada à assembleia, fortalece a nossa categoria através da unidade em torno do combate contra esse projeto da Reitoria e do governo federal. Achamos possível e necessário a busca pela unidade nas propostas que temos em comum e também do nosso histórico de intervenção conjunta na luta da categoria e da nossa classe. E é esse o sentido que entendemos ter o Pólo Socialista e Revolucionário que estamos construindo juntos.

Da nossa parte, propomos o nome da companheira Barbara DellaTorre, perseguida com vários processos por lutar junto às trabalhadoras e trabalhadores do HU e da USP e junto ao Sintusp e outras entidades, em defesa das condições de trabalho no hospital durante a pandemia, a primeira trabalhadora do HU a ser eleita representante dos trabalhadores da USP no Conselho Universitário - e tendo sido a mais votada -, como parte de uma chapa unificada de três (03) nomes a ser apresentada na assembleia da categoria do dia 24/05.




Comentários

Deixar Comentário


Destacados del día

Últimas noticias