×
Rede Internacional

NOVO MINISTRO DO STF | Edison Lobão presidirá a sabatina de Moraes ao STF: o sujo para julgar o mal lavado.

Investigado por dois inquéritos da Lava-Jato, o senador Edison Lobão foi eleito para presidir a Comissão de Constituição e Justiça que fará a sabatina de Alexandre Moraes ao cargo de ministro do STF, cuja indicação foi realizada por Temer.

quinta-feira 9 de fevereiro de 2017 | Edição do dia

A Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) foi instalada nesta quinta-feira, 9, com a confirmação do senador Edison Lobão (PMDB-MA) para a presidência do colegiado. Antonio Anastasia (PSDB-MG) será o vice-presidente. Como não havia outra chapa na disputa, a eleição ocorreu por aclamação, com registro de voto contrário do senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP).

Lobão é investigado em um inquérito que investiga possíveis fraudes na Petrobras realizadas por um grupo de senadores do PMDB, em outro, por suspeitas de desvio em obras das usinas de Belo Monte e Angra 3. Ele também já foi acusado de ter pedido dois milhões de reais para o diretor de Abastecimento da Petrobras, Paulo Roberto Costa, que iriam para a campanha de Roseana Sarney, em 2010. Na época, ele era ministro de Minas e Energia do Governo Dilma Rousseff. O inquérito que apurava isso, entretanto, foi arquivado a pedido do procurador-geral da República, Rodrigo Janot.

O Senador afirmou à imprensa, como quem se faz de inocente “A investigação não deve molestar a ninguém. Se há uma alegação caluniosa contra mim, é bom que eu seja investigado para demonstrar isso", disse.

Alexandre de Moraes possui uma ficha suja de sangue, já foi acusado de defender tortura, ficou conhecido em São Paulo como pit-bull de Alckmin, reprimindo o levante secundarista e manifestações contra o golpe dentre outras empreitadas violentas. Sua sabatina, presidida por Lobão, assumirá o caráter, muito comum entre políticos da burguesia, do famoso sujo referendando o mal lavado.




Comentários

Deixar Comentário


Destacados del día

Últimas noticias