MULHERES NEGRAS

É hoje! Lançamento do livro “Mulheres Negras e Marxismo” no YouTube do Esquerda Diário

Hoje, 26/03, às 19h, pelo YouTube do Esquerda Diário, ocorrerá o lançamento do livro “Mulheres Negras e Marxismo”, das edições Iskra, com a presença das organizadoras Letícia Parks, Carolina Cacau e Odete Assis e convidadas especiais como Andrea D’Atri, Mirtes Renata e Renata Gonçalves.

sexta-feira 26 de março| Edição do dia

Lançado pelas Edições Iskra, o livro “Mulheres Negras e Marxismo” é uma arma na mão das mulheres negras e todos seus aliados na luta anticapitalista, antirracista e feminista. A transmissão do lançamento será hoje, 26, às 19h pelo canal do YouTube do Esquerda Diário.

O Brasil é o maior país negro fora da África e hoje, sob governo negacionista, misógino e racista de Bolsonaro, e no regime do golpe institucional, é também o país onde os negros são os mais afetados pela crise sanitária e econômica, sendo os mais vulneráveis ao coronavírus, morrendo nas filas de espera por leitos como o caso de um senhor negro que morreu no chão de um hospital em Teresina na última semana.

São os negros no Brasil também grande parte da linha de frente da classe trabalhadora que faz tudo funcionar, ocupando postos de trabalho mais precários, com menos direitos, como as terceirizadas, em sua maioria mulheres negras, que nunca tiveram direito à quarentena e que mesmo trabalhando em hospitais, não têm direito à vacina. Mas que também nunca abaixaram suas cabeças, com histórias de muita luta e resistência.

O livro “Mulheres Negras e Marxismo” justamente resgata essa história de luta, a história de mulheres negras lutadoras, como Dandara, Luiza Mahin, Aqualtune Palmares, que são apagadas da historiografia oficial, mas que demonstram como a luta revolucionária no Brasil começou com os Quilombos e serve de inspiração para os tempos de hoje.

Além da participação das organizadoras do livro, que são também militantes do grupo de mulheres Pão e Rosas e do Quilombo Vermelho, o lançamento contará com a participação de convidadas especiais, como a mãe do menino Miguel, Mirtes Renata, que perdeu seu filho por conta do racismo e negligência da patroa, a presença também de Renata Gonçalves, professora da Unifesp e coordenadora do Núcleo de Estudos Heleieth Saffioti - Gênero, Sexualidades, Feminismos, além de Andrea D’Atri, militante argentina fundadora do grupo internacional de mulheres Pão e Rosas.

Às 19h desta sexta-feira, 26 de março, o lançamento será transmitido pelo canal do YouTube do Esquerda Diário, não percam!




Tópicos relacionados

VIDAS NEGRAS IMPORTAM   /    Mulheres Contra Bolsonaro   /    Livro   /    Edições Iskra   /    Marxismo   /    [email protected]   /    Gênero e sexualidade

Comentários

Comentar