Logo Ideias de Esquerda

Logo La Izquierda Diario

SEMANÁRIO

Dossiê do mês do orgulho LGBTQIA+: 52 anos da revolta de Stonewall

Ilustração: Juan Chirioca/@macacodosul

Dossiê do mês do orgulho LGBTQIA+: 52 anos da revolta de Stonewall

No aniversário da Revolta de Stonewall, organizamos esse dossiê que concentra algumas publicações que contibuem para fortalecer o debate estratégico e a luta contra a opressão contra a comunidade LGBT, além de retomar a história do que foi e significou Stonewall e importantes figuras como Marsha P. Johnson.

Podcast Feminismo e Marxismo – Marsha P. Johnson

Uma iniciativa do Esquerda Diário e Pão e Rosas. Neste episódio, com Maíra Machado e a participação de Virgínia Guitzel e Lívia Tonelli, fala-se sobre a vida e a luta da Marsha P. Johson, a mulher negra trans que iniciou a Revolta de Stonewall. Para este episódio contamos com a ilustração de Chiara.

Marxismo e luta trans: entrevista com participante do livro “Transgender Marxism”

Entrevista com Virgínia Guitzel, que publicou artigo no livro recém-lançado no Reino Unido, Transgender Marxism, uma coletânea sobre a luta trans e o marxismo. Virgínia é militante do grupo de mulheres Pão e Rosas e fala sobre a importância da publicação, a relação entre marxismo e luta LGBT e as contradições e desafios da luta no Brasil.

A fratura das identidades LGBT sob o capitalismo neoliberal

Artigo de Peter Druck. Os historiadores e as historiadoras têm relacionado o surgimento de identidades lésbicas/gays com o desenvolvimento do capitalismo. Uma abordagem materialista também deve olhar para as diferentes formas de identidade sexual e suas conexões com fases específicas do desenvolvimento capitalista. A teoria marxista das ondas longas pode nos ajudar a entender como o enfraquecimento do fordismo contribuiu para mudanças nas identidades sexuais alternativas.

Desejo, repressão, revolução: Jean Nicolas e “A Questão Homossexual”

Artigo de Ana Rivera. Na década de 1970, Jean Nicolas, militante trotskista e ativista da Frente Homossexual Francesa de Ação Revolucionária, publicou A Questão Homossexual, uma análise brilhante da história da opressão dos “homossexuais” e da luta pela libertação, ligada à luta pelo socialismo e por novas relações humanas.

Capitalismo e identidade gay

Este ensaio de John D’Emilio é uma versão revisada de uma palestra proferida para diferentes públicos em 1979 e 1980. John D’Emilio é um historiador dos Estados Unidos, e a história dos gays e das lésbicas nesse país é um de seus principais interesses de pesquisa. Neste ensaio, ele explica que gays e lésbicas não estiveram presentes ao longo da história, que nos Estados Unidos, por exemplo, não havia uma identidade e subcultura de lésbicas ou gays até certo momento do século XIX, quando o desenvolvimento do capitalismo tornou possível nosso surgimento.

LGBTs negros: a relação entre a polícia, trabalho precário e a educação

Republicamos artigo de Giovanna Maria, originalmente escrito em junho de 2020. Mais do que uma simples soma de opressões, a brutal realidade das mulheres trans negras é regada por uma profunda marginalização institucional, levadas em massa à prostituição, aquelas que “se salvam” param inevitavelmente em trabalhos precários como telemarketing e restaurantes fast food, correndo contra o tempo em uma realidade cuja sua expectativa de vida é de 35 anos na América Latina.

O stalinismo e sua pesada herança homofóbica

Retomamos artigo de Javier Ilabaca originalmente publicado em 2017. Dentro das grandes conquistas da Revolução Russa, esteve a legalização da homossexualidade em todos os seus aspectos, um grande avanço dos oprimidos. No entanto, Stálin retirou essas conquistas e suprimiu direitos.

Podcast Feminismo e Marxismo - 51 anos de Stonewall

Republicamos episódio de 2020, que contou com a participação de Diana Assunção, Lívia Tonelli, Virgínia Guitzel, Luno Pires e Adriano Favarin, falando sobre o processo e o significado da Revolta de Stonewall.

CONVITE: LIVE LGBT e Marxismo: Revolução nas ruas, nas casas e nas camas

No aniversário da Revolta de Stonewall e para desespero de Bolsonaro e Damares, o Esquerda Diário junto ao Pão e Rosas e a Faísca promovem live sobre o gênero, sexualidade e marxismo, retomando uma das palavras de ordem de 68: revolução nas ruas, nas casas e nas camas! No dia 28 de junho, às 19h, Virgínia Guitzel, Letícia Parks, Luno Pires e Pedro Pequini farão debate babadeiro em live, abordando a questão LGBT e as contribuições contemporâneas e históricas do marxismo revolucionário em defesa da emancipação de gênero e sexual.

veja todos os artigos desta edição
CATEGORÍAS

[Mês do Orgulho LGBTQ+]   /   [LGBT]   /   [Gênero e sexualidade]

Comentários