Sociedade

Doria vai privatizar estradas no litoral para gerar lucros para grandes empresas

Com leilão programado para acontecer em 15 de setembro, o governo Doria pretende vender 222 Km de estrada entre as cidades de Mogi das Cruzes e Pedro de Toledo com previsão de 5 praças de pedágio ao longo do trecho.

sexta-feira 14 de maio| Edição do dia

Foto: Vagner Campos/A2 FOTOGRAFIA

O governo do Estado já vem há bastante tempo articulando a privatização desses trecho de rodovia que sofre resistência de moradores de Mogi das Cruzes que terão que pagar para utilizar as vias que até então não tinham cobranças de pedágio.

As praças de pedágio serão instaladas nas cidades de Pedro de Toledo, Itanhaém, Bertioga (unidirecional), Mogi das Cruzes e Bertioga (Serra), de acordo com informações do jornal Valor Econômico.

A contrapartida por parte das concessionárias será a reforma das pistas, duplicações e construção de passarelas, ou seja, tudo que o estado deveria ter feito e não fez, justamente para justificar a concessão. Porque o estado faria se podem ser feitos tirando dinheiro da população e engordando os bolsos de grandes empresas capitalistas?

Pode interessar: Comissão da Câmara aprova entrega dos Correios ao mercado financeiro




Tópicos relacionados

Privatização das rodovias   /    João Doria   /    Privatização   /    Sociedade   /    São Paulo

Comentários

Comentar