Mundo Operário

PRIVATIZAÇÃO DA CPTM

Dória entrega mais duas linhas, 8 e 9 da CPTM, para a privatização

O mesmo governo Doria que entregou em leilão as linhas 8 e 9 da CPTM por um valor de R$ 980 milhões para o grupo CCR, há cerca de um mês realizou uma operação de pagamento de R$ 1 bilhão a título de ressarcimento à ViaQuatro, concessionária da própria CCR.

quarta-feira 21 de abril| Edição do dia

Foto: Rede Brasil Atual

Em leilão realizado nesta terça, 20, o governo Doria entregou por R$ 980 milhões as linhas 8 (que liga o centro de São Paulo às cidades de Osasco, Carapicuíba e Itapevi) e 9 (que segue o eixo do rio Pinheiros ligando a populosa região sul de São Paulo ao metrô) da CPTM para o grupo CCR que, por sua vez, já é responsável pela operação das linhas 4-Amarela, 5-Lilás e a futura 17-Ouro, do Metrô.

Segundo informações do Valor Econômico, um mês antes de arrecadar esse valor de R$ 980 milhões com a oferta da CCR no leilão desta terça, o governo Doria havia realizado um ressarcimento no valor de R$ 1 bilhão para a ViaQuatro, concessionária que é parte da mesma CCR, que controla a linha 4-Amarela do metrô com a qual a linha 9 da CPTM faz conexão.

A justificativa do governo Doria para esta operação que repassou R$ 1 bilhão de reais para a CCR um mês antes desta arrematar por R$ 980 milhões as linhas 8 e 9 da CPTM é a de que “o capital privado precisa de estabilidade institucional” e que “eventuais aditivos, reequilíbrios são comuns”.

Mais uma mostra de quais são as prioridades do governo demagógico de Doria que está mais preocupado em usar os recursos públicos estaduais para criar um “ambiente saudável” para o capital privado enquanto coloca em risco de contaminação pela covid-19, além da vida dos próprios trabalhadores do transporte, a de outras milhões de pessoas que precisam pegar diariamente trem e metrô lotados para poder ir trabalhar.

Veja também:
Mobilização de metro-ferroviários de SP conquista vacina para parte dos trabalhadores: é possível ir além!
Nossa Classe Metroviários: construir na base a greve unificada dos transportes




Tópicos relacionados

Privatização dos transportes   /    Trabalhadores dos Transportes   /    metroviários   /    CPTM   /    Ferroviários   /    Mundo Operário

Comentários

Comentar