×

ABSURDO | Doria determina retorno inseguro do trabalho presencial para funcionários públicos de SP

O governador João Dória (PSDB) determinou o retorno ao trabalho presencial de todos os servidores públicos do estado de São Paulo, com exceção dos funcionários que tenham comorbidades e não foram imunizados contra a Covid-19.

quarta-feira 14 de julho | Edição do dia

Foto: Campanato/Agência Brasil

Os funcionários públicos estavam trabalhando por home office desde 2020 por causa da pandemia. Em entrevista coletiva na manhã desta quarta-feira (14), Doria afirmou que os protocolos sanitários deverão ser respeitados no retorno às atividades presenciais, como uso de álcool em gel, medição de temperatura e uso de máscara de proteção, e que São Paulo está "dando exemplo". Apesar do estado apresentar 65,6% de lotação das UTI’s e manter uma média diária de 577 mortos no final do mês passado.

Sobre o assunto: Doria determina a volta do ensino presencial no estado sem vacinação de alunos

De acordo com o governador, a decisão vale para todos que estejam em condições físicas adequadas, mesmo os que ainda não tomaram a vacina contra a Covid-19. As condições físicas não foram até então especificadas, mas serão determinadas pelo centro de Vigilância Sanitária da Secretaria da Saúde.

Pode interessar: Contra a repressão da polícia de Doria e pela imediata liberdade aos presos no 3J em SP

A resolução da Secretaria da Educação publicada no Diário Oficial estabelece a volta do trabalho presencial com 14 dias da segunda dose ou dose única. As escolas públicas e privadas do estado da educação básica poderão retomar as atividades com 100% da capacidade em Agosto, sem consulta com a comunidade estudantil e nem foi informado a condição que ficará os terceirizados ainda não vacinados.

Leia também: Doria, o burguês mentiroso, não é alternativa ao bolsonarismo




Comentários

Deixar Comentário


Destacados del día

Últimas noticias