Sociedade

CAMPANHA SOLIDÁRIA: IMIGRANTES

Divulgamos aqui a campanha de ajuda a União Social dos Imigrantes Haitianos

Divulgamos campanha de arrecadação impulsionada pela União Social dos Imigrantes Haitianos, que juntamente com seus membros sofrem com o aprofundamento da crise capitalista e com a pandemia. A organização focada em serviço de integração dos imigrantes desde 2014 está com o funcionamento prejudicado, com os membros quase sendo despejados e enfrentado o desemprego.

terça-feira 8 de dezembro de 2020| Edição do dia

Divulgamos campanha de arrecadação impulsionada pela União Social dos Imigrantes Haitianos, que juntamente com seus membros sofrem com o aprofundamento da crise capitalista e com a pandemia. A organização focada em serviço de integração dos imigrantes desde 2014 está com o funcionamento prejudicado, com os membros quase sendo despejados e enfrentado o desemprego.

A União Social dos Imigrantes Haitianos é uma organização voltada a oferecer assistência no âmbito nacional e internacional, Brasil- Haiti. Ela foi criada por imigrantes Haitianos que moram em São Paulo, no dia 11 de setembro de 2014, sendo uma forte aliada na integração, auxílio e capacitação dessa população imigrante.

O Haiti, país do Caribe, enfrentou um devastador terremoto que destruiu boa parte do país em 2010. Acontecimento esse, que deixou mais de 250mil mortos e 1,5 milhões de pessoas desabrigadas, colocando para a população uma crise econômica profunda, o desemprego atingiu 80% da população o que levou muitos procurarem em outros países para refazer suas vidas.

Aqui no Brasil, desde o pós-terremoto tem sido um dos países procurados. Como em São Paulo, maior capital do país, a situação enfrenta nacionalmente pelos imigrantes é marcada pela xenofobia, racismo e a precarização da vida. Com a pandemia, e o aprofundamento da crise econômica, eles foram atingidos brutalmente, muitos perderam suas rendas e tiveram que enfrentando empregos informais, colocando o sustento das suas famílias e o funcionamento da USIH em risco.

Sabendo da importância dessa organização para milhares de pessoas, um grupo que é brutalmente oprimido pelo capitalismo e com a direita como o bolsonarismo, que exala xenofobia e racismo, vivem condições cada vez mais difícil. Enquanto jornal de esquerda movido por trabalhadores e setores oprimidos, como os companheiros, publicamos aqui o link da campanha de contribuição. A meta é 15 mil reais, pois é o montante do alugueis da entidade e os membros estão a beira de despejo.

O link para contribuir com a USIH: Ajude a União Social dos Imigrantes Haitianos | Kickante: https://www.kickante.com.br/campanhas/ajude-uniao-social-dos-imigrantes-haitianos

O Esquerda Diário sempre defendeu a garantia de todos os direitos aos imigrantes, combatendo a divisão da classe trabalhadora que a burguesia tenta nos impor e defendendo a unidade das fileiras operárias e o internacionalismo. Especialmente no caso dos haitianos, que protagonizaram a primeira revolução em que os escravos negros tomaram o poder naquele país e séculos depois ainda sofrem com a enorme espoliação imperialista e com os efeitos da ocupação militar encabeçada pelo Brasil, consideramos um dever de primeira ordem batalhar com todas as forças por essa unificação! Todo nosso apoio aos nossos irmãos imigrantes! A classe trabalhadora é uma só e sem fronteiras!




Tópicos relacionados

Haiti   /    Imigrantes   /    Sociedade

Comentários

Comentar