Mídia burguesa criminaliza manifestantes antirracistas: "vandalismo"

Para estes veículos de imprensa, vândalos são aqueles que quebram vidraças, não aqueles que assassinam pessoas negras.

sábado 21 de novembro| Edição do dia

(Foto: Edilson Dantas/O Globo)
Após a fúria negra que tomou ruas de São Paulo e invadiu uma unidade do supermercado Carrefour protestando contra o assassinato de João Alberto, veículos de mídia taxaram os manifestantes de vândalos.

Ao longo do dia, o tema do antirracismo foi pauta em praticamente todas as grandes mídias burguesas no país. A demagogia pode ser vista na Globo News, na Globo, Band, CNN, Folha, entre outros.

Após as manifestações no final de tarde (20), as ações radicalizadas de manifestantes que incendiaram unidades do Carrefour em São Paulo, a imprensa voltou ao seu "tom normal" frente aos manifestantes, criminalizando manifestações e ações, e as taxando de "vandalismo".

CNN Brasil

Correio Braziliense

O Globo




Tópicos relacionados

Racismo de Estado   /    Racismo Estrutural   /    Racismo Policial   /    VIDAS NEGRAS IMPORTAM   /    Racismo   /    negras e negros   /    Questão Negra   /    São Paulo (capital)   /    [email protected]

Comentários

Comentar