Fotos

Demissão política de rodoviário em Porto Alegre gera campanha com apoio de dezenas

Campanha pela readmissão do Digão, rodoviáro de Porto Alegre demitido político. O Esquerda Diário e o MRT fazem um chamado a todos os trabalhadores e estudantes para se somarem nessa campanha!

terça-feira 1º de setembro| Edição do dia

Digão, é motorista do R10 e delegado sindical da empresa Tinga. E foi demitido através de justa causa por uma armação da empresa para tirar de cena sua importante representatividade junto aos rodoviários. Foi uma demissão política num momento em que os patrões querem passar um plebiscito fraudulento para cortar salários. Digão cumpriu seu papel enquanto delegado sindical defendendo os trabalhadores e denunciando esse absurdo, inclusive sem apoio do próprio sindicato, sempre vendido para a patronal. O ataque das empresas são tão absurdos que conseguem ser pior do que as próprias MPs do Bolsonaro.

Na noite do dia 27, quinta-feira passada, ao saberem da demissão os trabalhadores da Tinga se reuniram em assembleia em um dos terminais da empresa e cruzaram os braços até a manhã do dia seguinte. Os ônibus ficaram abandonados no terminal e a empresa teve que recrutar 3 ou 4 pelegos para fazer várias viagens e levar os veículos até a empresa. Na madrugada da sexta-feira (28) os trabalhadores foram para frente da garagem da Trevo e realizaram caminhada até o sindicato, que não recebeu os trabalhadores.


Por isso deixamos o nosso chamado para os trabalhadores e usuários de transporte público a fazer parte dessa campanha, denunciando também o massacre que as empresas de ônibus estão fazendo com os rodoviários em meio à pandemia. As centrais sindicais, os sindicatos, organizações de esquerda, movimentos sociais, todos tem hoje o dever de transformar essa campanha em uma grande causa da cidade, em defesa dos empregos, dos salários e do direito dos trabalhadores se organizarem livremente. Esse é um ataque contra toda classe trabalhadora da cidade, contra uma categoria muito importante, com um histórico de luta muito forte. Também fazemos um chamado as centrais sindicais, os sindicatos, organizações de esquerda, ao PSOL, PT e PCdoB a transformar essa campanha em uma grande causa da cidade, em defesa dos empregos, dos salários e do direito dos trabalhadores se organizarem livremente.

É a luta e a união da classe trabalhadora que pode apontar um caminho distinto e inclusive impor outras demandas como a proibição de todas as demissões e a estatização do transporte sob controle dos trabalhadores e usuários. Então te chamo a participar dessa campanha pela readmissão do Digão, em defesa dos rodoviários de Porto Alegre. Envie sua foto, vídeo, contribuição, poste nas suas redes, vamos postar também no Esquerda Diário. A nossa força pode impor que sejam os capitalistas que paguem pela crise.

Readmissão do Digão Já!
Pela revogação do plebiscito que corta o salário dos rodoviários de Porto Alegre!
Mande sua foto e faça parte dessa campanha!








Pela readmissão do Digão e pela revogação do plebiscito imposto pela empresa, que corta salários dos rodoviários de Porto Alegre. Participe desta campanha.

Publicado por Valéria Muller em Terça-feira, 1 de setembro de 2020

Fernanda Melchionna, deputada federal pelo PSOL e pré-candidata à prefeitura de Porto Alegre, demonstra seu apoio à campanha pela readmissão do Digão, rodoviário de Porto Alegre, delegado sindical, e demitido político. Digão foi demitido por organizar a resistência contra os ataques das empresas de ônibus em cima dos trabalhadores. Eles estão reduzindo salário sem redução de jornada e Digão foi uma das vozes contrárias. Vamos seguir nessa batalha pela readmissão de Digão. Participe dessa campanha!

#ReadmissãoDoDigãoJá!
Revogação do plebiscito fraudulento que reduz o salário dos rodoviários!

Publicado por Esquerda Diário em Segunda-feira, 31 de agosto de 2020

Ver essa foto no Instagram

Estamos com Digão!

Uma publicação compartilhada por ROBERTO ROBAINA (@robainapsol) em






























Veja todas as fotos em apoio aqui.




Tópicos relacionados

Fotos   /    Sociedade   /    Política   /    Mundo Operário

Comentários

Comentar