Sociedade

Curitiba tem UTIs lotadas e bate novo recorde de mortes

Hoje (18), a capital paranaense confirmou 914 novos casos de coronavírus e 44 mortes. Todos os 1339 leitos de UTI da cidade estão ocupados. O número de mortes no estado cresceu 81% após a chegada da nova cepa.

quinta-feira 18 de março| Edição do dia

Foto: Ricardo Marajó / SMCS

Curitiba, a capital do estado do Paraná, confirmou hoje (18) 914 novos casos de coronavírus e 44 mortes, ao passo que 100% dos leitos de UTI dos hospitais da cidade (1339) estão ocupados e começam a se improvisar atendimentos em leitos de enfermaria.

A cidade se encontra em lockdown decretado pelo prefeito Rafael Greca (DEM), que, assim como Bolsonaro e os governadores, vem gestionando catastroficamente a crise. Greca é um conhecido inimigo dos servidores públicos da Curitiba, principalmente da Saúde, tendo fechado Unidades de Saúde, terceirizado UPAs e SAMU, e demitido mais de 800 agentes comunitários de saúde, antes e durante a pandemia, além de não ter garantido vacinas para os trabalhadores do Hospital de Clínicas da cidade.

O número de mortes no estado cresceu 81% após a chegada da nova cepa, e a região Sul é o novo epicentro nacional da pandemia.

Veja também: Brasil agoniza nas UTI´s lotadas e pela fome: a resposta não é esperar 2022




Tópicos relacionados

Colapso da saúde   /    Crise do Coronavírus   /    Coronavírus   /    Paraná   /    Sociedade   /    Saúde

Comentários

Comentar