×

CRISE CLIMÁTICA | Crise climática: um ano após incêndios, Austrália sofre maior enchente em 60 anos

O estado de Nova Gales do Sul, e particularmente Sydney, a maior cidade da Austrália, estão sendo castigados pelas piores enchentes desde 1961, em uma mais uma demonstração da crise gerada pelas mudanças climáticas no país, depois dos fortes incêndios de 2019-2020.

segunda-feira 22 de março | Edição do dia

(Foto: NSW State Emergency Service)

Nos últimos dias a região foi atingida por fortes chuvas, que chegaram a até três vezes a média para o mês de março em apenas 6 dias em algumas áreas. Na região oeste de Sydney, os rios Hawkesbury e Nepean transbordaram, causando uma inundação que atingiu casas e deixou pessoas presas, algumas tendo sido resgatadas de helicóptero. Segundo as autoridades australianas, cerca de 18 mil pessoas já tiveram de ser evacuadas.

Veja também: Austrália em chamas: mortos, desaparecidos, milhares de desabrigados e milhões de animais dizimados

Estas enchentes surgem cerca de um ano depois dos incêndios florestais que mataram dezenas de pessoas e mais de um bilhão de animais. Estes eventos climáticos extremos tendem a se tornar mais comuns com as mudanças climáticas geradas pela sede de lucro do capitalismo, que destrói o meio-ambiente para poder se reproduzir.

Veja também: A atual destruição da biodiversidade não tem precedentes na história da humanidade




Comentários

Deixar Comentário


Destacados del día

Últimas noticias