MRT

MRT

Conheça o site da Bancada Revolucionária, pré-candidatura do MRT para vereador em São Paulo

Conheça o site da Bancada Revolucionária de Trabalhadores, a pré-candidatura do MRT por filiação democrática no PSOL para a vereança em São Paulo.

segunda-feira 17 de agosto| Edição do dia

Hoje foi lançado o site da Bancada Revolucionária de Trabalhadores do Movimento Revolucionário de Trabalhadores (MRT) que, frente ao autoritarismo desse regime que inviabiliza a legalização de partidos e apresentação de candidatos e candidatas trabalhadoras de esquerda, agradece ao PSOL por ceder sua legenda democraticamente. A bancada é uma pré-candidatura coletiva, composta por Diana Assunção, Letícia Parks e Marcello Pablito.


No site há uma breve apresentação da Bancada

A plataforma, que pode ser acessada aqui, foi criada para facilitar a apresentação dessa candidatura, tornando mais conhecidas as ideias e propostas defendidas pela Bancada. Ela disponibiliza mais uma forma de entrar em contato, para além das redes sociais, e, ainda, um meio de contribuir financeiramente. Como os militantes do MRT defendem a completa independência política frente a governos, patrões e partidos que não defendem os trabalhadores, a Bancada não recebe nenhum financiamento a não ser as contribuições de outros lutadores e apoiadores.

Além disso o site também contém uma apresentação de cada um dos três componentes da Bancada, que também constroem o Esquerda Diário. Nesse portal constantemente serão divulgados textos, vídeos, e outros materiais que condensam a plataforma política dessa candidatura coletiva, ancorada na força da classe que move o mundo para enfrentar o governo Bolsonaro e Mourão, mantendo a independência de outros setores do regime como Maia e o STF.

Essa independência da classe trabalhadora não é praticada nem defendida pelo PT, que governa com os patrões alguns Estados do Brasil, assim como fez na presidência por 13 anos, abrindo espaço para os golpistas e reacionários que deram um golpe institucional para avançar com ajustes e reformas contra as vidas da maioria da população.

Por isso, a Bancada Revolucionária defende superar o PT pela esquerda, o que o PSOL não faz quando se coliga com esse partido. É preciso unificar os socialistas no Brasil com um programa que resolva a crise política a favor dos trabalhadores e faça com que os capitalistas paguem pela crise sanitária e econômica, com uma estratégia que passe pela auto- organização nos locais de trabalho e estudo. Isso significa lutar por uma Assembleia Constituinte Livre e Soberana, para mudar as regras do jogo e não só os jogadores.




Tópicos relacionados

Eleições 2020   /    Grande São Paulo   /    Eleições São Paulo   /    MRT   /    PSOL

Comentários

Comentar