Logo Ideias de Esquerda

Logo La Izquierda Diario

SEMANÁRIO

Confira a edição de hoje do Carcará, seção de Arte e Cultura do Ideias de Esquerda

Redação

Detalhe de arte de @doca.colaria

Confira a edição de hoje do Carcará, seção de Arte e Cultura do Ideias de Esquerda

Redação

Hoje, 18 de julho, lançamos mais uma edição do Carcará, seção de Arte e Cultura do Ideias de Esquerda. São 4 notas sobre cinema, arte de rua, trabalho e revolução cubana.

Confira todas as notas aqui e abaixo os títulos e matérias:

Pixo × Grafite: entre a arte e a ilegalidade
por Gabriel Brisi

"Definir o que é grafite e o que é pixo é decidir aquilo que é arte e o que é crime, um debate que só tem a favorecer a burguesia que pode trancafiar a cultura em seus museus distanciando cada vez mais a classe trabalhadora e a periferia do consumo da mesma."

O cinema e a Revolução Cubana
por Violeta Bruck

"Esse texto foi escrito no aniversário de 56 anos da Revolução Cubana. Hoje, muito tem se falado sobre Cuba, sua revolução e situação atual conflituosa. No âmbito do cinema, a revolução significou a expulsão das produtoras e distribuidoras imperialistas, e a posterior nacionalização da indústria, medidas que deram um impulso inusitado à produção audiovisual."

7 filmes que refletem o mundo do trabalho
por Luno P.

O mundo do trabalho e suas relações sempre foi constante objeto de estudo e interesse do cinema. Passando pelas mudanças sociais em meio ao capitalismo neoliberal, da luta contra a ditadura e ascenso de luta de classes, do trabalho precarizado e da construção de subjetividades, neste domingo trazemos aqui uma lista de 7 filmes que refletem sobre o mundo do trabalho.

Cuba: arte urbana que se propõe a ser
por Inés Hernández

"Caminhar pelas ruas de Havana é mergulhar na confusão, nas pessoas sentadas na calçada, na música que você ouve nas motos táxis e nas casas, nos gritos de bom dia de janela para janela, as cabeças que espreitam nos andares altos dos edifícios semi destruídos de Havana Central subindo os sacos de alimentos (uma tira de pão, os legumes comprados no mercado e capaz um pedaço de porco) com cordas içadas do alto, porque subir, descer as escadas dos edifícios velhos às vezes é um suplício; nos sacos de lixo nos cantos que inundam com o cheiro de podre misturado com o calor típico Caribenho. As buzinas dos carros da década de 50 e 60 que têm um som particular e por um instante te submergem em outro tempo. Grito, barulho, calor, música, luzes, buzinas e arte e mais arte é o que se respira misturado com todo o resto."

veja todos os artigos desta edição

Redação

Comentários