×

UFABC | Comitê da UFABC chama DCE e estudantes à próxima Assembleia da GM

O Comitê da UFABC em Apoio à Greve da GM, que reúne estudantes e trabalhadores da Universidade Federal do ABC, publicou um chamado ao Diretório Central dos Estudantes (DCE) e ao conjunto dos estudantes a se somarem a próxima Assembleia dos trabalhadores da GM para levar solidariedade neste momento decisivo do conflito. Leia a nota na integra abaixo.

quinta-feira 14 de outubro | Edição do dia

Os trabalhadores da GM precisam de você! Chamado ao DCE, aos CAs e organizações de esquerda à assembleia nesta sexta-feira

Nesta quinta-feira (14), os trabalhadores da GM votaram novamente pela manutenção da greveem resposta a decisão autoritária do TRT-SP (Tribunal Regional do Trabalho) o que obrigava o retorno ao trabalho e estabelece uma multa milionária ao sindicato, caso não seja obedecido, além da imposição de repor os dias parados e não garantir o aumento do vale alimentação.

Apesar da enorme força e disposição dos trabalhadores da GM, a luta agora enfrenta diretamente a justiça que, como não poderia deixar de ser, está ao lado dos patrões para descarregar a crise econômica sobre as nossas costas. A patronal da GM, com o apoio da direção sindical, impôs uma série de ataques em plena pandemia como as suspensões de contrato, redução de salários, remanejamento de férias e feriados, ao mesmo tempo que lucrou US$ 6,4 bilhões em 2020 e para 2021 a GM espera apurar lucro líquido entre 6,8 bilhões e US$ 7,6 bilhões. Mas além das expectativas, o que ela já anunciou é um lucro líquido de US$ 3,03 bilhões no primeiro trimestre de 2021, que representa uma alta de mais de 10 vezes o resultado obtido no ano anterior.

Enquanto isso, querem nos fazer acreditar que são os trabalhadores que sustentam suas famílias que precisam apertar os cintos. Não caímos nesse discurso! Nossa luta pela educação, contra os cortes nos orçamentos e às ameaças de fechamento das universidades está conectada com os operários e operárias da GM porque é uma luta em defesa de que os filhos destes trabalhadores tenham o direito de estudar. A conquista das reivindicações dos trabalhadores da GM é o caminho para enfrentar todos os ataques que estão em curso contra o direito ao futuro da juventude e as aposentadorias dos servidores municipais em São Paulo.

Por isso, nós que impulsionamos o Comitê da UFABC em Apoio à Greve da GM viemos participando das assembleias da GM para expressar nossa solidariedade e nosso apoio à luta. Buscando construir uma aliança entre estudantes e trabalhadores em luta para quebrar qualquer pessimismo ou medo de seguirmos este caminho de confiarmos nas nossas próprias forças para alcançar os nossos objetivos. Mas apesar desses esforços serem uma importante iniciativa, que esperamos que possa se generalizar a cada nova luta que nossa classe encampe e ajude a organizar uma atuação em comum das organizações de esquerda e dos coletivos que atuam hoje dentro e fora da UFABC, somos ainda muito poucos para poder dar o apoio que os operários e operárias da GM precisam para enfrentar o isolamento da sua luta, a divisão entre efetivos e terceirizados imposta pela patronal, as ameaças e assédios das chefias e da justiça que atuam contra os nossos direitos.

Por isso, reforçamos o chamado ao Diretório Central dos Estudantes (DCE) que é a maior entidade estudantil da nossa universidade e poderia cumprir um papel fundamental de organizar os estudantes para potencializar as suas lutas tendo uma perspectiva de um movimento estudantil pró-operário que busca colocar o conhecimento produzido dentro da universidade, e a sua energia e disposição jovem, à serviço da luta dos trabalhadores para transformar a sociedade. Estendemos o nosso chamado às organizações de esquerda que atuam na universidade, assim como a todos os estudantes que hoje vem a importância de se manifestar contra Bolsonaro, Mourão e todos os setores capitalistas que buscam nos atacar, os que lutam incansavelmente em defesa da educação e que acreditam que precisamos superar essa divisão entre as lutas dos estudantes das lutas dos trabalhadores.

Amanhã será um dia decisivo para os trabalhadores da GM e nós estudantes da UFABC temos a oportunidade de cumprir um papel nessa história que está a ser escrita. Sejamos sujeitos e protagonistas de batalhar por um movimento estudantil que rompa os muros da universidade e coloca ativamente sua energia para fazer os trabalhadores serem vitoriosos.

Além da participação nas Assembleias, chamamos a comunidade universitária, especialmente às gestões do DCE, DA, CAs e ADUFABC, para construírem esse Comitê conosco. Marcamos nossa próxima reunião para sábado, 16.10, às 15h, em frente o portão 4 da GM, mas estamos abertos a discussão.

E a todos aqueles que por diferentes motivos, não puderem ir nessas atividades, reforçamos o chamado as fotos de apoio e solidariedade que apesar de um "pequeno gesto" são essenciais para mostrar que para além dos portões da fábrica, os estudantes da UFABC estão ao lado dos operários e operárias da GM, bem como para construírem o Comitê ajudando como puderem.

TODOS AMANHÃ (15.10) ÀS 5:30 DA MANHÃ NA ASSEMBLEIA DOS TRABALHADORES DA GM! E ÀS 13:30 NA ASSEMBLEIA DO TURNO DA TARDE!

UMA SÓ CLASSE, UMA SÓ LUTA!

Comitê da UFABC em apoio à greve na GM

Ouça também:




Comentários

Deixar Comentário


Destacados del día

Últimas noticias