Sociedade

COVID-19

Com falta de UTI, paciente com Síndrome de Down morre por covid-19 no Amazonas

Com a situação de calamidade pública e total descaso dos governos estadual e federal, paciente com Síndrome de Down morre no Amazonas por falta de UTI.

quinta-feira 28 de janeiro| Edição do dia

Foto: Mirene Borges Da Silva

Emerson Júnior, um homem de 30 anos que tinha Síndrome de Down e protagonizou uma cena emocionante ao ser abraçado pelo enfermeiro para receber oxigênio, morreu por complicações da covid-19 nesta quinta-feira (28).

Emerson estava internado há 9 dias e logo que chegou ao hospital em Caapiranga (a 200 km de Manaus) foi solicitado um leito de UTI, que só foi disponibilizado pelo menos 5 dias depois do pedido. A expectativa era de que o jovem fosse transferido para a UTI em Manaus no dia de hoje, mas pela manhã ele faleceu.

Na foto que foi tirada no último domingo (24), o enfermeiro Raimundo Nogueira Matos abraça Emerson, que estava assustado e temia o uso da máscara de oxigênio. Ao abraçá-lo, conseguiu o tranquilizar e realizar o procedimento.

O caso escancara a realidade catastrófica que a população amazonense vive. Falta de oxigênio, falta de leitos de UTI e até mesmo as poucas vacinas que chegaram no estado tiveram a aplicação atrasada por falta de planejamento do Governo.

Leia mais: Em apenas 21 dias deste ano Manaus tem mais enterros por Covid do que em todo ano de 2020




Tópicos relacionados

Manaus   /    COVID-19   /    Coronavírus   /    Amazonas   /    Sociedade

Comentários

Comentar