×

Mini reforma trabalhista | Com R$ 550, salário da nova MP de Bolsonaro não paga nem cesta básica de 9 capitais

Como resultado da alta dos alimentos e da precarização, a medida provisória aprovada prevê um salário insuficiente para compra de cestas básicas em 9 capitais brasileiras, de acordo com o levantamento feito pelo DIEESE.

sexta-feira 13 de agosto | Edição do dia

Imagem: reprodução FDR

O último levantamento realizado pelo DIEESE este ano, ao passo que constata o aumento do valor da cesta básica em função da alta do preço dos alimentos e de outros produtos, também aponta a insuficiência do salário previsto pela MP 1045. Conforme a medida, o Requip (Regime Especial de Trabalho Incentivado, Qualificação e Inclusão Produtiva) pagaria somente 550 reais aos trabalhadores, sendo que em 9 capitais o valor da cesta está acima de 564 reais.

O estudo realizado nas capitais do país mostra o aumento do preço da cesta básica em 14 delas. Em Porto Alegre, o valor chega a 636,96, sendo o maior registrado, seguido por São Paulo (R$ 636,40), Florianópolis (R$ 636,37) e Rio de Janeiro (R$ 622,76).

Veja: Contra alta de preços, confiscar e distribuir estoques de alimentos sem indenizar agronegócio

Com a aprovação dessa medida e a generalização de postos de trabalho a partir do Requip, os trabalhadores sequer podem comprar produtos mínimos para sua sobrevivência. Isso tudo, enquanto ao mesmo tempo essa medida prevê o aprofundamento de retrocessos sobre os direitos trabalhistas, uma vez que pretende ser continuidade da medida 936 e que se insere na agenda econômica em curso desde o governo Temer com a reforma trabalhista.

A aprovação da medida degrada ainda mais as condições de vida da classe trabalhadora, junto aos efeitos da crise econômica em curso, abrindo espaço para as empresas explorarem ainda mais a juventude e os trabalhadores. Para saber mais sobre a MP e como combatê-la, veja nosso programa diário ED comenta sobre o tema.

Confira também: Editorial MRT




Comentários

Deixar Comentário


Destacados del día

Últimas noticias