×

GEOPOLÍTICA | China tira dos EUA posto de principal parceiro comercial da UE

No marco do novo governo estadunidense e das disputas EUA x China, país asiático se torna principal parceiro comercial de bloco europeu.

segunda-feira 15 de fevereiro | Edição do dia

Imagem: BBC Brasil / Getty Images

A China reforçou em 2020 os laços comerciais com a União Europeia (UE) e tirou dos Estados Unidos o posto de principal parceiro de comércio do bloco. Segundo dados divulgados pela Eurostat, a agência de estatísticas da UE, as importações pelo bloco de produtos vindos da China aumentaram 5,6% no ano passado, totalizando 383,5 bilhões de euros, enquanto as exportações de produtos europeus para o gigante asiático subiram 2,2% no período para 202,5 bilhões de euros.

Leia Mais: Um conto chinês em Davos

Já os negócios com os Estados Unidos durante o último ano de governo do presidente Donald Trump encolheram, com as importações de produtos americanos diminuindo 13,2%, para 202 bilhões de euros, e as exportações de bens europeus para o país recuando 8,2%, para 353 bilhões de euros.

A Eurostat informou na manhã desta segunda-feira, 15, que as exportações europeias subiram 1,1% entre novembro e dezembro, mas que as importações caíram 0,3% no período.

Para saber mais: Trótski e a internacionalização produtiva

Esses são números que podem mudar frente a nova administração estadounidense e as mudanças que as disputas EUA x China se desenvolverem. Mas se mantém os fatores contraditórios da UE que se aproximam ideologicamente de seu aliado tradicional, os EUA, enquanto sua ligação econômica com a China se aprofunda.

Com informações da Agência Estado




Comentários

Deixar Comentário


Destacados del día

Últimas noticias