×

Pandemia Ceará | Ceará registra nível de contaminação por Covid-19 alto e altíssimo em 65 cidades

Dados da plataforma IntegraSus gerenciada pela Secretaria da Saúde do Ceará revelam números preocupantes. Os dados divulgados são referentes às semanas de 8 à 21 de agosto.

terça-feira 24 de agosto | Edição do dia

Foto: Helene Santos

São 184 municípios em que 29 apresentam risco altíssimo, 36 alto, 77 moderado e 42 baixo para a transmissão do coronavírus. Apesar dos dados, que levam em consideração todos os municípios, apontarem para uma tendência de queda nas internações e leitos de UTI ocupados com pacientes com Covid-19 a taxa de testagens positivas pode aumentar em 9,8% no conjunto do estado nos próximos dias devido a situação de algumas cidades.

É considerado risco altíssimo quando a taxa de letalidade está igual ou maior do que 3%, a de ocupações de leitos está maior que 95% e os testes positivos são maiores que 75%. Risco alto é considerado quando os leitos ficam entre 80,1% e 95%, a letalidade entre 2% e 2,9% e a testagem entre 50% e 75%. Com 65 cidades dentro desse quadro apesar da companha de vacinação a pandemia pode voltar a se alastrar de forma rápida.

A falta de uma política consciente de isolamento dos infectados em centros de quarentena seguros e adequados, as condições sanitárias, alimentares e de moradia da população mais pobre revelam como esse sistema econômico que coloca o lucro à cima das vidas não pode responder a altura de salvar vidas. Já somam, no Brasil de Bolsonaro em que os bancos batem recorde de lucro e o agronegócio avança sobre a natureza e as populações indígenas, mais de 574 mil mortos por Covid-19.

A única saída para fazer a vida valer mais que os interesses capitalistas está nas mãos da classe trabalhadora, porém as maiores direções da classe à frente das grandes centrais sindicais (CUT-PT e CTB-PCdoB) optam por uma política eleitoreira de esperar 2022 como se mudando alguns jogadores algo de fundo pudesse mudar de fato na vida e para salvar vidas da nossa classe. Por isso é preciso apostar na auto organização em cada local de trabalho para que os trabalhadores possam superar suas próprias direções batalhando por uma greve geral que seja capaz de parar o país e impor através de um plano de luta consciente e com a força da unidade de diversas categorias um grande debate nacional sobre os rumos do país numa Constituinte Livre e Soberana imposta por essa luta. Onde se possa revogar todas as reformas reacionárias do regime, estatizar empresas sob controle operário, romper com o pagamento da fraudulenta dívida pública, criar centros de quarentena para os infectados em hotéis e pousadas, liberar as vacinas de patentes e acelerar a vacinação e muito mais. Em resumo impor que sejam os capitalistas que paguem pela crise que criaram.




Comentários

Deixar Comentário


Destacados del día

Últimas noticias