COVID-19

Casos de covid nas Américas aumentaram quase 30% em novembro

Segundo Organização Pan-Americana da Saúde (OPAS), foram registrado seis milhões de novos casos registrados nas Américas, um aumento de quase 30% em relação aos números do final de outubro.

quarta-feira 2 de dezembro de 2020| Edição do dia

Foto: Yuri Cortez | AFP

Os casos de covid-19 no continente americano aumentaram quase 30% em novembro em relação a outubro, disse nesta quarta-feira, 2, a diretora da Organização Pan-Americana da Saúde (OPAS), Carissa Etienne.

"No mês de novembro, tivemos mais de seis milhões de novos casos registrados nas Américas, um aumento de quase 30% em relação aos números do final de outubro", disse Etienne em entrevista coletiva, observando que a América do Norte bateu recordes de infecções diárias.

As Américas seguem como a região mais afetada do mundo, com 26,8 milhões de casos e 727.679 óbitos. Em seguida, aparece a Europa, com 19,05 milhões de infecções e 426.892 vítimas da pandemia.

Veja aqui: Brasil - Com alta de 35% na média móvel, Brasil registra 52 mil novos casos de Covid em 24 horas.

Nas últimas 24 horas, no entanto, o número total de casos registrados em todo o mundo foi o menor desde o dia 10 de novembro, informou a Organização Mundial da Saúde (OMS) também nesta quarta-feira. Foram 460.376 novas infecções.

Este foi o quinto dia consecutivo de queda global do contágio, isso depois do registro de 636.665 casos no último domingo, 29, quando foi encerrada uma sequência de alta, de acordo com balanço publicado no site da OMS.

Desde o início da pandemia, o planeta já teve o total de 63.360 234 infecções confirmadas pelas autoridades nacionais de saúde, que informam os dados à agência, e 1.475.825 mortes.

Os pacientes recuperados, de acordo com a OMS, chegaram a 44,7 milhões. Além disso, há 18,2 milhões de casos ativos, sendo que 0,6% se referem a pessoas que estão em estado grave ou crítico. (COM AGÊNCIAS INTERNACIONAIS)

Pode interessar: 171 mil mortes no país e Bolsonaro e Pazuello deixam de aplicar 3,4 bi no combate à covid.

Conteúdo da Agência Estado




Tópicos relacionados

COVID-19   /    pandemia   /    Governo Bolsonaro   /    Capitalismo

Comentários

Comentar