Juventude

ELEIÇÃO DCE UFMG

Carta de agradecimento da Chapa 3 pelos 362 votos nas eleições do DCE UFMG

Terminada a eleição para o DCE da UFMG, publicamos o agradecimento da Chapa 3, Nosso Futuro Vale Mais que o Lucro Deles, composta por estudantes da Juventude Faísca, Pão e Rosas e independentes, que pela primeira vez participaram das eleições do DCE e que obtive 362 votos, 8% do total.

Nosso futuro vale mais que o lucro deles

Chapa 3 para as eleições do DCE da UFMG

sábado 12 de outubro| Edição do dia

Agradecemos imensamente os 362 votos na Chapa 3 para as eleições do DCE! Fizemos uma campanha e um debate de ideias de muita qualidade, o que não teria sido possível sem o papel de cada um dos membros e apoiadores.

Sendo a primeira vez que nós, da Juventude Faísca junto a uma série de independentes, participamos das eleições para o DCE UFMG, fomos votados em todas as urnas de Belo Horizonte, ficando em segundo lugar na FAFICH, EBA, CAD 1, Arquitetura, Farmácia e Música. Queremos agradecer, em especial, o enorme apoio que se expressou nos cursos onde os estudantes conhecem nosso trabalho como Faísca, constroem conosco as lutas e votaram fortemente na Chapa 3, como os cursos de Filosofia, Artes Visuais e Ciências Biológicas. Na Filosofia, este resultado foi conquistado com o apoio dos membros da chapa “Evaldo Rosa dos Santos”, recém eleita para a gestão do CAFCA, com 102 votos, da qual faremos parte junto a estudantes independentes.

Sabemos que os votos da Chapa 3 são ainda minoritários, mas valorizamos muito que centenas de estudantes tenham visto a necessidade de uma discussão estratégica sobre o movimento estudantil e tenham apoiado uma perspectiva anticapitalista e revolucionária. Sabemos que, dentre os que elegeram a Chapa 1, estão lutadoras e lutadores com os quais seguiremos ombro a ombro nas batalhas que virão, como sempre estivemos. A estes e a todas as pessoas que simpatizaram com as ideias da Chapa 3, chamamos a lutar juntos pelas propostas que tivemos acordo, para que o movimento estudantil avance para derrotar os ataques de Bolsonaro e Zema, para impor nossa própria resposta.

No periodo de conformação de chapas fizemos um chamado aos grupos políticos que estiveram e estarão novamente no DCE para debater em plenária aberta um programa para nossa entidade da UFMG. De forma que todos os estudantes pudessem ser parte de debater os posicionamentos e propostas para uma chapa unificada. Apesar de mais de 100 estudantes terem assinado o chamado, todos os grupos políticos que compuseram a Chapa 1 nessas eleições recusaram essa proposta.

Portanto, nós da Chapa 3 disputamos as eleições com o orgulho de ter travado uma batalha pela unidade contra Bolsonaro, convictos de que era importante seguir com esse debate com a esquerda, batalhando por nossas ideias como uma contribuição para que o movimento estudantil tenha uma estratégia e programa para vencer.

Não igualamos a chapa 1 à chapa 2, oposição composta pelo PT, PCdoB e Levante, que são direção majoritária da UNE. Não são uma alternativa para o movimento estudantil e seriam um retrocesso para o DCE da UFMG.

Seguiremos debatendo fraternalmente com a gestão do DCE as propostas que consideramos necessárias para fortalecer pela base as nossas lutas e nos enfrentrarmos com esse governo.

Algumas das propostas que fizemos nas eleições nos parecem urgentes de avançar, pois não podemos nos contentar com nossas lutas divididas ou em dias de manifestação parcelados e dispersivos. A primeira e mais urgente é uma campanha de solidariedade com a greve da UFSC. Os grupos políticos que compõe nosso DCE estão em uma série de entidades do país e poderiam tirar essa luta do isolamento.

A segunda é convocar um grande encontro com estudantes da UFMG, junto a professores e trabalhadores, para pensarmos e organizarmos os próximos passos da nossa luta, fazendo os balanços necessários do último periodo. Ouvimos muitas posições de estudantes nas eleições, que tem opiniões sobre como avançar na luta para vencermos e que querem ser ouvidos. Um encontro como este poderia ser um fervilhante caldeirão de ideias para preparar para o imprescindível Congresso da UFMG que a Chapa 1 se comprometeu a organizar.

Nossas vidas valem mais que o lucro deles! Por isso seguiremos batalhando pelas mesmas ideias que a Chapa 3 defendeu nas eleições e chamamos todas e todos a somar conosco. Chamamos aos estudantes da UFMG a tomarem seu DCE nas mãos, e também a conhecerem e se organizarem na Juventude Faísca e no grupo de mulheres Pão e Rosas, que junto a independentes idealizaram e impulsionaram esta chapa.

Conheça mais materiais da Chapa 3 ao longo da campanha clicando aqui




Tópicos relacionados

Chapa 3 - DCE UFMG   /    Minas Gerais   /    UFMG   /    Juventude

Comentários

Comentar