×
Rede Internacional

RACHADINHAS | Carlos Bolsonaro poderá ser investigado pelas "rachadinhas" após perder foro privilegiado

O STF derrubou trechos da Constituição do Estado do RJ que garantia foro privilegiado à vereadores. Antes, o foro privilegiado garantia que ele só poderia ser investigado pela Procuradoria Geral da República (PGR), mas agora o caso voltará para o Ministério Público do Rio.

quarta-feira 28 de abril | Edição do dia

FOTO: SÉRGIO LIMA/PODER 360

Carlos Bolsonaro poderá ser novamente investigado pelo Ministério Público do Rio de Janeiro, que foi o organismo que começou a investigação do escândalo de corrupção das “rachadinhas”, em que o filho 02 do presidente estaria envolvido.

Veja mais: Letícia Parks: "Rachadinha de Bolsonaro supera verba para vítimas de violência doméstica"

Ele perdeu o benefício do foro privilegiado após decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) que declarou como inconstitucionais trechos da Constituição do Estado do Rio que garantia o benefício aos vereadores.

Veja também: Tal pai, tal filho: laranjas de Carlos Bolsonaro retiraram R$ 570 mil em dinheiro vivo

Antes, o foro privilegiado garantia que ele só poderia ser investigado pela Procuradoria Geral da República (PGR), mas agora o caso voltará para o Ministério Público do Rio.

Veja também: Rachadona: Carlos e Flávio receberam de Bolsonaro assessores que sacaram 90% dos salários




Comentários

Deixar Comentário


Destacados del día

Últimas noticias