AGRESSÃO

Candidato a vereador em Santos humilha agente de trânsito

A ação se deu após o candidato Luiz Wanderley levar uma multa por dirigir usando o celular, o próprio agressor gravou a ação e divulgou nas redes.

terça-feira 27 de outubro| Edição do dia

Um candidato a vereador em Santos, Luiz Wanderley Martins Junior (DC), humilhou publicamente um agente de trânsito da Companhia de Engenharia e Tráfego (CET). Um vídeo foi gravado pelo próprio agressor, em que profere palavras como “babaca”, “trouxa”, “otário”, entre outros xingamentos.

A agressão se deu devido a uma multa que o candidato recebeu por utilizar o celular enquanto dirigia um carro de luxo. Não contente com a multa, Luiz Wanderley desce do carro e humilha o agente de trânsito de apenas 29 anos. O trabalhador, por sua vez, tenta manter distância do agressor e continua a realizar o seu trabalho.

Em entrevista ao g1 o agente de trânsito afirma que o vereador percebeu o erro quando estava ao celular e passou pedindo desculpas. Quando percebeu que havia sido multado, voltou ao local e começou a gravar o trabalhador.

"Ele se alterou, porque viu que não tinha como voltar atrás [da multa]. Ele disse que eu não sabia quem era ele e começou a me ameaçar. Sacou o celular e começou a gravar. Eu pensei ’bem, ele vai me filmar, vai me xingar e eu vou continuar exercendo minha função’. Ele percebe que não estou prestando atenção e me provoca ainda mais", relata.

Ainda segundo o agente de trânsito, Luiz Wanderley parou de gravar o vídeo e afirmou que iria voltar mais tarde para bater no trabalhador.

O partido Democracia Cristã afirmou que medidas serão tomadas, e provavelmente Luiz Wanderley não concorra mais às eleições de 2020.




Tópicos relacionados

Eleições municipais 2020   /    Santos   /    Eleições 2020

Comentários

Comentar