Sociedade

Canais de apoiadores bolsonaristas retiram 385 vídeos do YouTube do ar

O conteúdo dos vídeos que sumiram são em relação a Covid-19: a maioria aborda o tratamento precoce e a vacina.

segunda-feira 10 de maio| Edição do dia

Imagem: Reprodução / Twitter

Foram retirados vídeos de mais de 30 canais, entre eles os do comentarista Alexandre Garcia, que retirou 109 vídeos nesse período, e Leda Nagle que retirou 23.

O youtuber Gustavo Gayer se pronunciou no último sábado, dia 08, anunciando que deletaria seu canal e acusou o YouTube de derrubar sua conta após a plataforma dar uma suspensão de advertência de sete dias ao canal.

A plataforma afirma que possui regras públicas e que cabe aos usuários saberem sobre elas e segui-las.

Os vídeos sumiram entre o dia 14 de abril até a última quinta-feira, dia 06 de maio, logo após o início da CPI da Covid.

Leia também: A CPI não é pra salvar vidas, é pra salvar o regime do golpe




Tópicos relacionados

CPI da Covid   /    COVID-19   /    bolsonarismo   /    Sociedade

Comentários

Comentar