29M

Camilo Santana do PT usa PM para reprimir ato contra Bolsonaro no Ceará

sábado 29 de maio| Edição do dia

Ocorreram atos em várias cidades do Ceará, como parte do chamado nacional de mobilizações contra Bolsonaro. Na cidade de Juazeiro do Norte, manifestantes reivindicavam vacina e denunciaram que a Reforma Administrativa aumentará a precarização dos serviços públicos como a saúde.

O ato, que saiu da Praça da Prefeitura Municipal, seguiria até a Praça Padre Cícero, mas foi interrompido e cercado pela polícia militar. A polícia esteve o tempo todo provocando manifestantes e arrancaram cartazes contra Bolsonaro, como mostra vídeo postado em redes sociais.

Depois da tentativa do PT de desarticular as mobilizações com cancelamento de atos e com a declaração do vice-presidente do partidoWashington Quaquá contra atos públicos, agora no estado em que governam, através de Camilo Santana, reprimem os atos.

Dessa forma, junto ao PSB e PCdoB em Pernambuco, o PT mostra que são oposição à Bolsonaro apenas nas eleições e no inofensivo circo que é a CPI da Covid. Estão dispostos a fazer de tudo para impedir que os trabalhadores e a juventude se unifiquem para lutar nas ruas contra o negacionismo que levou a mais de 450 mil mortes e ataques como o arrocho no orçamento para as universidades federais.

O PT, que reprime o ato no Ceará, faz alianças com o PSB de Paulo Câmara (que tem o PCdoB como vice), que no Recife usou a PM para espancar e perseguir manifestantes. O PSOL de Guilherme Boulos e Marcelo Freixo também buscam já conformar com o PSB, para 2022, as mesmas alianças que fizeram em todo o país em 2020. Boulos se ligou aos golpistas do PSB no sgeunto turno das eleições municipais em São Paulo, enquanto Freixo embaralha inclusive sua entrada no PSB. Uma vergonha. A "frente ampla" que o PSOL defende inclui aqueles que reprimem atos contra Bolsonaro.

É preciso unir a juventude e os trabalhadores e tomar as ruas contra os cortes, as privatizações e as reformas. Impedindo que usem a força das mobilizações como manobra na CPI da Covid que não pode oferecer nenhuma solução à pandemia de coronavírus e ao desemprego e a fome que arrasam com a vida da população trabalhadora.

Abaixo a repressão! Fora Bolsonaro, Mourão e os militares! Nenhuma confiança no Congresso e no STF golpistas.




Tópicos relacionados

Bolsonaro   /    Reforma Administrativa   /    Universidades Federais

Comentários

Comentar