×

Exploração capitalista | CEOs de empresas como Abercrombie & Fitch Co chegam a ganhar 6.500x mais que funcionários

O relatório foi feito a partir de empresas dos EUA e constataram que os presidentes executivos (CEOs) das 500 maiores empresas dos EUA (como Nike, Coca-Cola, Amazon) ganharam, em média, um salário 300x maior que de seus funcionários, em 2020.

terça-feira 27 de julho | Edição do dia

O desenho desse dado é Jeff Bezos indo passar uns minutos no espaço enquanto os trabalhadores da Amazon são obrigados a urinar em garrafas plásticas por não terem tempo de irem até o banheiro, em seus trabalhos precários e com salários de miséria.

O relatório também mostra que essa desigualdade enorme entre os patrões e os trabalhadores aumentou ainda mais com a pandemia e o desemprego, onde os CEOs das 500 empresas tiveram uma alta nos salários de US$700 mil no ano de 2020 se comparado a 2019. Já os trabalhadores tiveram um aumento de menos de US$1000. Os dados são de declarações de empresas que estão arquivadas na SEC, esta é responsável por regular o mercado acionário dos EUA.

A média é de 300x mais o salário do CEO em relação ao funcionário, mas alguns CEOs ganham 6.500 vezes a mais, chegando ao absurdo de um trabalhador da Abercrombie & Fitch Co. ter ganho em média US$18,20 no ano passado, enquanto o CEO da companhia recebeu US$11 milhões. A empresa de autopeças Aptiv pagou cerca de 5.300 vezes o salário de um trabalhador para seu CEO.

Veja também: 1% tem metade da riqueza enquanto maioria sofre com fome e Covid: o capitalismo tem que acabar

Desigualdade desenfreada, Elon Musk ganhou 7.200 milhões de dólares em um único dia




Comentários

Deixar Comentário


Destacados del día

Últimas noticias