Brasil tem mais mortes no último dia que os outros nove países com mais mortes

Brasil registrou 3.780 óbitos por COVID nas últimas 24 horas; ultrapassando o total somado de EUA, Itália, Polônia, Russa, Índia, França, Ucrânia, Hungria e Alemanha que é de 3.742.

quarta-feira 31 de março| Edição do dia

Foto: Bruno Kelly/Reuters (25.fev.2021)

Os números do Brasil contrastam radicalmente com os de várias nações pelo mundo que também passaram por momentos dramáticos, mas conseguiram controlar e contabilizaram menos de 1 mil óbitos nesta terça-feira (30/3). Enquanto vários países já passaram pela fase mais difícil da COVID-19, o Brasil do governo Bolsonaro caminha para novos recordes. De acordo com o professor da Faculdade de Medicina da USP, em Ribeirão Preto, Domingos Alves, os brasileiros atingirão a marca de 400 mil óbitos entre a terceira e a quarta semana de abril. Outros especialistas já afirmam que o Brasil chegará ao triste número de 5 mil mortes diárias pela COVID-19.

3.780 mortes em 24 horas. Bolsonaro, militares e governadores são responsáveis

Somente na semana passada, após 300 mil mortos, com a nomeação do novo ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, o governo federal criou um comitê nacional de combate à doença. O grupo tem a participação do presidente Jair Bolsonaro (sem partido), do presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL) e do presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM-MG). O Brasil vem alcançando vários números recordes de mortes por dia, tornando-se o novo epicentro da pandemia neste mês de Março, onde 11 estados batem o recorde de morte por COVID mesmo após internação.




Tópicos relacionados

Crise do Coronavírus

Comentários

Comentar