Sociedade

Brasil tem 4º dia seguido de recordes na média móvel de mortes, Bolsonaro é responsável

Média móvel chega 2.655 mortes, fruto do negacionismo de Bolsonaro e de governadores que levou a população lamentar milhares de mortes.

terça-feira 30 de março| Edição do dia

Foto: Felipe Dana/AP/Arquivo

Nas últimas 24 horas o Brasil registrou 1.969 mortes pelo novo coronavírus, totalizando 314.268 óbitos pela doença. Assim, o país bate o novo recorde pelo quarto dia consecutivo na média móvel de mortes com 2.655 óbitos nos últimos 7 dias.

Pode te interessar: Descaso capitalista: em 5 meses, 8 a cada 10 pacientes intubados com COVID morreram nas UTIs

É o terceiro dia que o país registra média móvel acima de 2,5 mil mortes. A média móvel de casos é de 75.105 casos nos últimos 7 dias. Já são 12.577.354 brasileiros que têm ou já tiveram a Covid-19, sendo 44.720 nas últimas 24 horas.

Esse novo recorde escancara a política negacionista de Bolsonaro e dos governadores, que mesmo tentando se diferenciar de Bolsonaro, corroboraram pra essa situação de barbárie.

Veja também: Entenda a reforma ministerial: a dança das cadeiras entre militares e o Centrão




Tópicos relacionados

MORTES COVID-19   /    COVID-19   /    Pandemia   /    Governo Bolsonaro   /    Sociedade

Comentários

Comentar