Sociedade

Brasil registra 201 mortes por covid-19 em 24 horas e alcança 150.689 mortes

No marco de mais de 150 mil mortes, o recuo no número de casos e óbitos diários por covid-19 no Brasil não é uma contribuição do governo Bolsonaro e Mourão ao combate a pandemia. Diretor executivo da OMS, Michael Ryan, disse em entrevista coletiva nesta segunda (13) que a desaceleração nos casos da doença não exclui a possibilidade de um novo pico, e que os casos seguem altos.

terça-feira 13 de outubro| Edição do dia

Foto: Código 19 / Agência O Globo

Nesta segunda-feira (12) o Brasil registrou 201 novas mortes causadas pela Covid-19, o que elevou o total no país a 150.689 óbitos. Também foram notificados 8.429 novos casos de coronavírus, com o total de infecções confirmadas no país atingindo 5.103.408. Os dados são do Ministério da Saúde.

O diretor executivo da Organização Mundial de Saúde (OMS), Michael Ryan, disse em entrevista coletiva nesta segunda que a desaceleração nos casos da doença não exclui a possibilidade de um novo pico, e que os casos seguem altos.

"O fato de que a doença está desacelerando não significa que ela não vá ganhar força de novo".

A partir de experiências em outros países, Ryan diz que é preciso manter a vigilância, pois o território brasileiro é muito grande, e um recuo no número geral não significa a ausência de regiões com quadros mais graves de contaminações

Cada atualização diária sobre a covid-19 é uma amostra da degradação do capitalismo em naturalizar centenas de mortes para manter as engrenagens do lucro e da exploração. Engrenagens as quais Bolsonaro, Mourão, judiciário e Congresso estão completamente comprometidos a que continuem a rodar em desfavor das vidas humanas.

Apesar do recuo no número diário de casos e mortes ao dia, ainda segue muito alto. Essa diminuição não é uma contribuição desse governo em combate a pandemia. Ela acontece no marco de mais de 150 mil mortos, sem que o básico para salvar vidas, como testes massivos e EPI’s suficientes, tenha sido garantido aos trabalhadores da saúde e a maioria da população.

O Brasil é o terceiro país do mundo em casos de Covid-19 e o segundo em número de mortos, atrás apenas dos Estados Unidos de Trump.

Saiba mais: Brasil tem alta taxa de mortes por COVID há 5 meses, Bolsonaro e o regime são responsáveis




Tópicos relacionados

Crise do Coronavírus   /    COVID-19   /    Coronavírus   /    Governo Bolsonaro   /    Sociedade

Comentários

Comentar