×

Covid no Brasil | Brasil atinge a marca de 600 mil mortes pela Covid

Apesar de desaceleração com a vacinação, Brasil ainda é o 3º país com maior média diária de mortes pela doença no mundo, com cerca de 438 por dia atrás apenas dos EUA e da Rússia

sexta-feira 8 de outubro | Edição do dia

Foto: Alex Pazuello/Semcom - Manaus

De acordo com dados divulgados pelo Consórcio de Veículos de Imprensa em boletim extra na tarde desta sexta-feira (8), o Brasil atingiu a marca de 600.077 mortes registradas pela Covid-19, e 21.893.752 casos confirmados.

Apesar do momento ser de desaceleração das mortes pela doença, registrando uma média diária de 438 mortes, o Brasil ainda figura como um dos piores cenários do mundo na questão do enfrentamento da pandemia, tendo ainda a 3ª maior média de mortes diárias no mundo todo, com o terceiro maior número de mortos no total e o 1º lugar no número de mortes por covid em 2021, passando até mesmo os EUA e a índia e quase o mesmo número que todos os 27 países da União Europeia juntos, com mais de 405 mil mortes registradas esse ano. Quando atingiu a marca de 500.000 mortos pela doença, o país chegava a registrar médias de 2.000 mortes diárias.

Veja também:

- CPI da Covid - Paciente da Prevent Senior relata uso de ’kit covid’ e política de extermínio de pacientes

- Negacionismo e saúde privada - Bolsonaro e Prevent Senior causaram a morte de pacientes ’cobaia’ com remédios ineficazes

A absurda mortalidade que o país atinge com a doença, mesmo com o avanço da vacinação e a diminuição das mortes após a imunização é fruto dos diversos ataques realizados pelo governo Bolsonaro e seus aliados, desde o atraso, a displicência e até mesmo possíveis fraudes e superfaturamentos envolvidas nas compras de vacina, até o negacionismo do presidente, que minimizou o impacto da pandemia e fez campanha ferrenha para tratamentos ineficazes.




Comentários

Deixar Comentário


Destacados del día

Últimas noticias