×

Privilégios do Judiciário | Bolsonaro vai aumentar número de desembargadores enquanto ataca outros servidores

Bolsonaro irá sancionar aumento de quase 50% das vagas de desembargadores em 5 tribunais pelo país, criando 57 novos cargos. Enquanto aumenta sua base no judiciário, Bolsonaro vai perseguindo e fazendo de tudo para atacar outros servidores, como na reforma administrativa.

quinta-feira 11 de novembro | Edição do dia

Foto: Carolina Antunes/PR

Bolsonaro nomeará no próximo ano 75 desembargadores federais nos seis Tribunais Regionais Federais do país. A ação vem após a aprovação na Câmara dos Deputados no dia 08 de Novembro.

Atualmente o Brasil possui ao todo 139 desembargadores federais e passará a ter 214. Esse aumento discrepante nas nomeações pode simbolizar um aparelhamento do Judiciário pelas alas bolsonaristas da burguesia, aumentando a disputa intra-burguesa deste setor.

Os desembargadores têm salário inicial de 54 mil reais e enquanto esta e as demais alas do Judiciário se esbaldam em privilégios, demais servidores públicos, tais como professores, enfermeiros etc, os que lidam diretamente com a população vem sofrendo rotineiramente ataques dos mais amplos setores, tanto em escala Federal, quanto nas escalas estaduais e municipais.

Ontem(11), por exemplo, foi aprovado em São Paulo mais um pacote de ataques aos servidores municipais, desta vez diretamente num setor extremamente vulnerável que é o de aposentados e pensionistas, que terão fatias ainda maiores de seus salários roubados pela Prefeitura.

Assista: O papel do PT na contenção da luta contra Bolsonaro




Comentários

Deixar Comentário


Destacados del día

Últimas noticias