×

Após mandado de segurança | Bolsonaro novamente é incapaz de apresentar provas de fraudes nas eleições para o STF

A pedido do STF, motivado por ação representada pela Rede, a Secretaria-Geral da Presidência e a Advocacia-Geral da União não conseguiram enviar provas das suspostas fraudes nas eleições. Na ausência de provas, governo se defende dizendo que está protegido pela liberdade de expressão.

segunda-feira 9 de agosto | Edição do dia

Marcelo Camargo/Agência Brasil

Bolsonaro já havia afirmado, em live do dia 29 de julho, que houve fraudes nas eleições de 2018 e de 2014, mesmo com Bolsonaro tenho vencido a última. Foi expedido um mandado de segurança, a partir de pedido da Rede Sustentabilidade, para que se apresentasse provas e, caso contrário, a Corte probisse o presidente de se manifestar publicamente acerca das supostas fraudes.

O governo questionou o mandado de segurança alegando liberdade de expressão.

- Veja mais: Comboio de blindados, tanques e lança-mísseis fará desfile no dia da votação do voto impresso

A querela ocorre em meio à escalada de atritos entre Bolsonaro e STF. Bolsonaro, antevendo alta possibilidade de derrota em 2022, já antecipa a justificativa com suposta fraude e ausência do famigerado voto impresso.

Em matéria de reformas neoliberais, retirada de direitos de trabalhadores e privatizações, o STF, Bolsonaro e Congresso caminham de mãos dadas.

Válido lembrar, também, que o próprio STF cumpriu papel decisivo para a eleição de Bolsonaro, já que avalizou a prisão do principal candidato à eleição em 2018 em clara manipulação antidemocrática.

Veja abaixo o ED Comenta sobre o tema:




Comentários

Deixar Comentário


Destacados del día

Últimas noticias