×

Vídeo | Bolsonarista Sikêra Jr. zomba e faz ameaça repulsiva a trabalhadores em greve na Rede TV!

O apresentador reacionário chamou ao palco de seu programa Alerta Nacional pessoas com placas escritas "CPF cancelado", em um tom de deboche dizendo que os trabalhadores que lutam pelos seus direitos devem acabar com a greve ou podem ser demitidos. Veja vídeo.

sexta-feira 3 de setembro | Edição do dia

José Siqueira Barros Junior, mais conhecido como Sikêra Júnior, apresentador do programa Alerta Nacional, na Rede TV!, causou repulsa em seu programa ao zombar e fazer ameaças aos trabalhadores da emissora que estão em greve. Veja vídeo ao final da matéria.

Os funcionários da Rede TV! em Osasco estão em greve desde às 00h da última terça (31) denunciando que estão com os seus salários congelados há 4 anos, totalizando quase 20% de desvalorização real dos ganhos dos trabalhadores, além da redução de salário no ano passado por conta da MP 936 de Bolsonaro. A emissora acumula outros ataques trabalhistas, como o calote do dissídio e anos de FGTS não repassados.

Na performance reacionária, Sikêra Júnior zomba dos trabalhadores que estão em greve, chamando outras pessoas ao palco e cantando "Ei, você! Que está na porta da Rede TV". As pessoas que são chamadas ao palco estão com placas escritas "CPF cancelado" se referindo aos grevistas, em uma clara ameaça de que poderiam ser demitidos por lutar pelos seus direitos. O termo “CPF Cancelado” é termo miliciano para designar o assassinato de alguém, mostrando como o bolsonarismo não tem limites em suas ameaças repugnantes.

A ameaça ao emprego dos funcionários, que vão de operadores de câmera e roteiristas até trabalhadores das cozinhas e camareiras, se concretiza quando o apresentador diz "Olha, tem muita gente desempregada. Muitos querendo tomar o teu lugar."

Ainda nas palavras de Sikêra Júnior tem-se a seguinte pérola: "Acaba com isso, vamo trabalhar, gente, vamo se unir". Algo difícil de fazer se lembramos que os donos da REDE TV, Amilcare Dallevo e Marcelo de Carvalho, negociam a venda da emissora enquanto deixam trabalhadores em condições hiper precárias.

Os milionários donos da emissora nadam em centenas de milhões de lucros mesmo em tempos de pandemia, com exemplos de que nos 8 de meses de desconto salarial, o empresário Marcelo de Carvalho viajou por diversos países e passeou de helicóptero pela capital, tudo financiado com o roubo da PLR e outros direitos retirados dos trabalhadores.

Nós do Esquerda Diário prestamos todo apoio e solidariedade à luta dos trabalhadores da Rede TV! Veja vídeo abaixo:

Sindicato dos radialistas exige posicionamento da RedeTV sobre as bizarras declarações de Sikera Júnior:

Saiba mais: Com congelamento salarial há 4 anos, trabalhadores da REDE TV! seguem em greve em SP




Comentários

Deixar Comentário


Destacados del día

Últimas noticias