Sociedade

CORONAVÍRUS

Basta dos governos esconderem as mortes e casos de coronavírus! Fazer testes massivos já!

Centenas de pessoas estão morrendo pelo país sem receber um diagnóstico, ou sendo diagnosticados após a morte devido ao Coronavírus. Basta do descaso dos governadores, assim como Bolsonaro e Mandetta para combater a pandemia de forma eficaz. Por testes Massivos para toda a população.

quinta-feira 2 de abril| Edição do dia

Estamos distantes da estatística real de infectados pelo Covid-19 no país, existe um número gigantesco de subnotificação por conta da falta de kits para testes rápidos e grande demora no resultado dos testes que já foram feitos. Existe regiões que não existem testes nem mesmo para pacientes com sintomas graves e profissionais da saúde que se encontram diariamente expostos ao vírus, colocando em risco a sua saúde e a saúde da população que vai procurar ajuda.

Ao menos 23,6 mil testes ainda aguardam o resultado. Esse número equivale a 3,4 vezes o total de casos confirmados (6,9 mil), esse balanço foi atualizado hoje às 7h40 desta quinta-feira (2), esse número representa uma parcela das pessoas que podem morrer sem um tratamento adequado, quem dirá entrar para a estatística de mortes por coronavírus no país.

As subnotificações e faltas de testes são fruto do descaso dos governadores como Dória, witzel e Zema com a população, esses mesmos que realizam o teste mil vezes se necessário, mas permitem que o povo brasileiro morra trabalhando exposto ao vírus ou morra de fome em suas casas. Não oferecem o mínimo de recursos para os profissionais da saúde que são os verdadeiros heróis nessa crise sanitária, mas que também enfrentam a crise econômica que está em curso e foi criada por esses capitalistas que permitem que trabalhem sem equipamentos de proteção e testes.

As negligências feitas pelos governadores, lideradas por Dória frente a Pandemia são monstruosas. Dória promete realizar 2 mil testes por dia, em um Estado como São Paulo onde a população é mais 40 milhões, esses testes poderiam levar anos para ser realizados em todos, sendo totalmente ineficaz frente a uma doença que se espalha e cresce rapidamente no país; ainda por cima seriam teste para casos graves que já estão na UTI. Isso acaba sendo insuficiente para conter a epidemia já que os assintomáticos que são responsáveis em 80% dos casos de transmissão não são testados.

Centenas de pessoas estão morrendo por Covid-19 sem serem diagnosticadas como relata estudos. Devido à falta de testagem na população, inclusive na parcela que está nos hospitais sob suspeita da doença, o que expressa que o número de infectados e de mortos pelo vírus pode ser muito maior do que os dados informam. Enquanto isso milhares de trabalhadores ou seguem trabalhando correndo o risco de se infectar e transmitir para os outros; ou estão sofrendo inúmeros ataques causadas pela medidas que Bolsonaro e Guedes usaram para salvar as empresas; como férias forçadas; antecipação de feriados e dispensa do serviço para ser compensado depois com banco de horas. E o mais recente foi a nova MP que vai autorizar as empresas e patrões à cortar salários e reduzir jornadas em qualquer percentual, podendo chegar aos 100%. Uma medida draconiana que deixará trabalhadores a mercê da miséria além de está a mercê de adoecer pelo Coronavírus.

O governo despeja trilhões para os bancos e empresas, enquanto aprovam ataques como este, e deixam os hospitais sofrendo com a falta de leitos de UTI, e assistem um cenário de subnotificação dos casos, por faltas de testes, prometidos tanto por Bolsonaro e Mandetta, quanto por diversos governadores, mas que até agora não foram vistos, enquanto familiares veem seus parentes morrer, sem terem resultados ou sequer qualquer tipo de testagem.

Veja também: Trabalhadores da saúde denunciam descaso do governo

Para podermos realizar um isolamento efetivo, é de extrema importância a realização de testes massivos para todos aqueles que apresentam sintomas ou que tiveram contato com contaminados, sem a necessidade de provas, mas também é necessário que seja realizado de forma indiscriminada nos locais de trabalho, hospitais e em regiões mais atacadas pelo vírus.

Não sabemos a situação real da propagação do vírus no Brasil e estamos pagando por uma crise que não criamos, as vidas dos trabalhadores estão sendo colocadas em cheque pelos grandes capitalistas que nos afastam do trabalho, como corte de gastos, sem remuneração para morrer de fome ou nos mantém trabalhando sem se importar com a exposição ao vírus. Basta de pagar com as nossas vidas a preservação do lucro deles, testes massivos já!




Tópicos relacionados

Coronavírus   /    Wilson Witzel   /    João Doria   /    Sociedade

Comentários

Comentar