Política

ELEIÇÕES 2020

Bancada Revolucionária faz forte eleição com 5 mil votos em campanha contra o regime do golpe

Bancada Revolucionária de Trabalhadores foi a candidatura coletiva do MRT por filiação democrática no PSOL para vereador de São Paulo.

segunda-feira 16 de novembro| Edição do dia

Em declaração nas redes, Diana Assunção, Letícia Parks e Marcelo Pablito que compõem a bancada, agradeceram os 5 mil votos que receberam para vereança de São Paulo:

"Queremos agradecer fortemente às 5 mil pessoas que votaram na Bancada Revolucionária! Uma candidatura de trabalhadores que denunciou fortemente o regime do golpe institucional pra derrotar Bolsonaro, Mourão e todos os golpistas com uma nova Constituinte imposta pela luta e confiando apenas na força da mobilização dos trabalhadores. Não fizemos promessas eleitorais e nem moderamos nosso discurso para agradar empresários e patrões. Esse caminho foi o que trilhou o PT que ao conciliar com os capitalistas abriram espaço pra direita e pro golpe institucional. Por isso fizemos também um chamado a esquerda para organizar a luta contra todas as reformas. Com este conteúdo, de preparação dos trabalhadores, da juventude, das mulheres, negros e LGBTs tivemos o voto de 5 mil pessoas em uma campanha que contou apenas com a nossa força militante. Não tivemos fundo eleitoral, nem padrinhos políticos e nem aceitamos dinheiro de empresários. Foi uma militância incansável com centenas de jovens e trabalhadores que levaram essas idéias revolucionárias para as diversas zonas e bairros de São Paulo. É com o compromisso de quem está sempre na luta que seguiremos nessa batalha pra que sejam os capitalistas que paguem pela crise, lutando pelo Fora Bolsonaro, Mourão e os golpistas e aqui em São Paulo pra derrotar Dória e Covas."




Comentários

Comentar