×

Violência Policial | Audiência de Instrução do Massacre de Paraisópolis no Baile da DZ7

Republicamos a nota do Movimento de Familiares das Vítimas do Massacre em Paraisópolis.

quinta-feira 16 de maio | Edição do dia

IMAGEM: REPRODUÇÃO

No dia 1º de dezembro de 2019, a Polícia Militar do Estado de São Paulo cercou mais de 5 mil jovens em um Baile Funk em Paraisópolis e, em uma ação criminosa, matou 9 jovens asfixiados e espremidos na multidão. Seus nomes eram Gustavo Cruz Xavier (14), Marcos Paulo Oliveira dos Santos (16), Dennys Guilherme dos Santos Franco (16), Denys Henrique Quirino da Silva (16), Luara Victória Oliveira (18), Gabriel Rogério de Moraes (20), Eduardo da Silva (21), Bruno Gabriel dos Santos (22) e Mateus dos Santos Costa (23).

Na próxima sexta-feira (17.05), ocorrerá a 3ª Audiência de Instrução Processual do Massacre em Paraisópolis, no Fórum Criminal da Barra Funda, em que, testemunhas de acusação dos 13 policiais indiciados e réus (entre elas sobreviventes da ação policial) testemunharam perante o juiz, Defensoria Pública e advogados da família. Após as mobilizações ano a ano, e nas audiências já realizadas, a terceira será realizada de forma aberta à sociedade por “representar interesse coletivo”, no plenário 10, com espaço reservado à imprensa.

Familiares das vítimas do Massacre, movimentos de luta por Direitos Humanos, como a Rede de Proteção e Resistência contra o Genocídio, o CDHEP, o Conselho Estadual de Direitos Humanos, Movimentos negros, representantes de Estado e demais parceiros se reunirão para, além de cobrar justiça e honrar a memória das vítimas, em manifestações nas sete localidades de origem dos jovens vítimas do Massacre, na viela onde onde o massacre foi realizado, além do Largo do São Francisco e na Universidade de São Paulo.

É um passo importante no caminho para o júri popular, pela criminalização dos responsáveis pelas mortes e dezenas de feridos no dia. Os familiares contam com a divulgação de suas atividades de luta e também com a contribuição na desconstrução das mentiras que foram propagadas na versão da policial.

Serviço:

Audiência de instrução responsáveis pelo Massacre em Paraisópolis.
Quando: 17/05/24 início para o público às 13hrs
Onde: Fórum Criminal da Barra Funda, Plenário 10. Av. Dr. Abraão Ribeiro, 313 - Barra
Funda, São Paulo - SP, 01133-020
Instagram: @os9queperdemos
Contato para orientações e entrevistas: Danylo Amilcar (11) 99001-0188 e Cristina Quirino
(11) 99218-4633
Contato Defensoria Pública: (11) 94220-8732

Movimento de Familiares das Vítimas do Massacre em Paraisópolis.




Comentários

Deixar Comentário


Destacados del día

Últimas noticias