Mundo Operário

HOSPITAL UNIVERSITÁRIO DA UFF

Ato ocorreu em frente ao HUAP-UFF por condições de trabalho e Fora Bolsonaro e Mourão

Manifestantes fizeram ato hoje em frente Hospital Universitário da UFF por condições de trabalho e pelo fora Bolsonaro e Mourão.

sexta-feira 7 de agosto| Edição do dia

Fotos: Clever Felix/LDG News/SINTUFF

Hoje, dia 7 de agosto, quinta feira, pela manhã manifestantes se concentraram em frente ao Hospital Universitário Antonio para reivindicar o adicional de insalubridade, contra o retorno presencial dos trabalhadores da educação e pelo Fora Bolsonaro e Mourão.

Estiveram presentes integrantes de movimentos sociais e entidades como o SINTUFF, o SINDSPREV Regional Niterói, o SEPE Niterói, o DCE-UFF, a Associação de Saúde de Niterói e também parlamentares, como o vereador Renatinho (PSOL).

O HUAP vem sofrendo um processo de precarização e foi fortemente atingido pela falta de verbas em meio à pandemia. Faltaram EPI´s para os funcionários que estavam na linha de frente, por culpa da reitoria e dos cortes a educação e 3 trabalhadoras do hospital foram vítimas da Covid-19.

Leia Mais: Contra a imposição na UFF ao Ensino Remoto, por um plebiscito para que possamos decidir!

Os trabalhadores da saúde do país inteiro reclamaram por testes massivos durante todo o período de pandemia e também a falta de EPI´s. Brasil bateu o recorde mundial de mortes de enfermeiros, um posto vergonhoso que governadores e o presidente são responsáveis. Isso sem falar em toda a equipe envolvida nos hospitais que também foi fortemente atingida pela pandemia, lembrando sempre que nenhum hospital se restringe a médicos e enfermeiros.

Nós do Esquerda Diário nos solidarizamos com as famílias, amigos e colegas de trabalho dessas companheiras que perderam a vida e nos colocamos lado a lado nessa batalha por condições de trabalho e pelo Fora Bolsonaro e Mourão. Abaixo a postagem do Sintuff sobre o ato de hoje:




Tópicos relacionados

Niterói   /    Coronavírus   /    UFF   /    Saúde   /    Mundo Operário

Comentários

Comentar