EDUARDO BOLSONARO HENRIQUE MANDETTA COVID-19

Atacando Mandetta, Eduardo Bolsonaro Ignora o fato dele ter sido indicado por Bolsonaro.

Deputado Eduardo Bolsonaro vem endossando acusações de superfaturamento no Ministério da Saúde para atingir o ex-ministro Henrique Mandetta.

sábado 12 de dezembro de 2020| Edição do dia

Imagem: Agência de Notícias

O Deputado Federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) tem utilizado dados divulgados pela revista Veja acerca de um superfaturamento que ocorreu no Ministério da Saúde sob comando do ex-ministro Henrique Mandetta. Cabe destacar que o superfaturamento apontado pela Controladoria Geral da União (CGU) ocorre no governo do Presidente Jair Bolsonaro, que inclusive indicou Mandetta ao cargo de Ministro da Saúde .

segundo notícia da Revista Fórum o Deputado Eduardo Bolsonaro na verdade usa de uma tática para agitar a base bolsonarista nas redes sociais contra o ex-ministro que antes mesmo da saída do ministério, se posicionava contra o negacionismo de Bolsonaro, apesar de ser um agente fisiológico da burocracia médica privatista.

Veja mais: Mandetta, defensor da privatização do SUS, é demitido por contrariar negacionismo de Bolsonaro

Mandetta vem irritando o governo Bolsonaro apóçs entrevista ao GloboNews nessa sexta-feira (11 de Dezembro de 2020), no qual diz ter antecipado o número de 180 mil óbitos que o Brasil alcançou.

“Eu nunca falei em público que eu trabalhava com 180 mil óbitos se nós não interviéssemos, mas para ele eu mostrei. Entreguei por escrito, para que ele pudesse saber a responsabilidade dos caminhos que ele fosse optar. Então, foi realmente uma reação bem negacionista e bem raivosa”,




Tópicos relacionados

Bolsonaro   /    Família Bolsonaro   /    Ministro da Saúde   /    Crise na Saúde   /    COVID-19   /    Pandemia   /    Eduardo Bolsonaro   /    Mandetta   /    Governo Bolsonaro   /    Saúde

Comentários

Comentar