×

9 de Junho | Assembleia de estudantes da FAFICH exige que a Reitoria reconheça a paralisação da UFMG no 9J

Em Assembleia de estudantes da FAFICH UFMG nesta terça (7), foi aprovada uma exigência a que a Reitoria obedeça a decisão de estudantes, professores e técnicos administrativos da universidade e suspenda oficialmente as atividades no dia 9 de Junho, liberando também es trabalhadories terceirizades.

quarta-feira 8 de junho | Edição do dia

Es estudantes da Faculdade de Filosofia e Ciências Humanas da UFMG fizeram ontem, 07, uma Assembleia para decidir seus posicionamentos e ações rumo ao dia 9 de Junho, convocado pela UNE como um dia nacional de mobilização e aprovado em Assembleia Geral de estudantes da UFMG no último dia 31 como um dia de paralisação e manifestação de rua.

Pode te interessar:

Além de referendarem a paralisação, es estudantes pensaram propostas para fortalecer a luta contra os cortes, como passagens em sala, oficinas de cartazes dentre outros. Foi aprovado, por exemplo, a realização de uma mesa de debate na manhã do dia de paralisação, para garantir que não tenham aulas e sim discussões políticas, tendo como eixos contra os cortes, por Justiça para Genivaldo e por recomposição salarial des trabalhadories em luta.

A recomposição salarial, além de ser pauta da greve des técniques-administratives da UFMG, que dando um importante exemplo aprovaram se unificar aos estudantes no dia 9, é pauta des trabalhadories da educação estadual de MG, que fizeram paralisação também no dia de ontem para batalhar pela conquista de sua greve que está suspensa e gravemente ameaçada pelo STF em apoio a Romeu Zema. Também é pauta des professories da UFMG, que aprovaram em Assembleia também se paralisar no dia 9.

A UFMG é, portanto, uma universidade cujos três setores deliberaram paralisação. No entanto a reitoria, que se posicionou contra os cortes que ela sempre administra contra os setores mais precários da universidade, segue mantendo todos os planos de funcionamento da universidade. Por isso es estudantes da FAFICH aprovaram o seguinte em sua Assembleia:

Es estudantes da Fafich (Faculdade de Filosofia e Ciências Humanas) reunides em Assembleia no dia 07/06 exigem que a Reitoria da UFMG, obedecendo a decisão de estudantes, professores e técnicos-administrativos tomada em suas respectivas assembleias, suspenda oficialmente as atividades da UFMG no dia 9 de Junho, liberando os trabalhadores terceirizados de suas atividades para que toda a comunidade universitária faça uma forte paralisação contra os cortes, por justiça para Genivaldo e pela recomposição salarial des trabalhadores em luta.

Confira abaixo a fala do Samuel, estudante de Ciências Sociais e militantes da Faísca Revolucionária que fez a proposta de exigência à Reitoria:

Este é um exemplo que, se fosse adotado por estudantes de vários prédios e cursos da UFMG poderia impor à reitoria que rompesse com sua demagogia de ser contra os cortes mas seguir se adaptando à linha do MEC.




Comentários

Deixar Comentário


Destacados del día

Últimas noticias