×

Corte de direitos | Após extinguir cobradores e aprovar privatização da Carris, Melo quer tirar o meio passe

A crise no transporte público em Porto Alegre tem seu sentido de existência nos lucros insaciáveis dos empresários do setor. Melo (MDB) avança como um rolo compressor para descarregar a crise dos ricos na população. Após extinguir a função de cobrador e aprovar a privatização da Carris agora pretende aprovar a extinção das isenções para estudantes, professores e idosos entre 60 e 65 anos.

terça-feira 21 de setembro | Edição do dia

Foto: agência ALRS/divulgação

Com esses ataques estudantes teriam que comprovar renda inferior a 1,5 salário mínimo para manter o direito. Professores que estão com o salário congelado desde 2015 serão afetados aumentando seus gastos com o retorno das aulas presenciais. Só manterão o passe livre, caso aprovado o projeto, soldados da Brigada Militar, estudantes que comprovem a renda e idosos acima de 65 anos.

Com maioria na Câmara, pouco ou quase nada os vereadores da oposição (PSOL, PT, PCdoB) poderão fazer para barrar mais esse ataque pela via institucional, poderiam sim fazer pela mobilização. Nós do MRT e do Esquerda Diário junto com a juventude Faísca viemos, desde as primeiras mobilizações dos trabalhadores da Carris, insistindo que a única saída é a unidade entre estudantes e trabalhadores na luta de classes. Sem ilusões de que é possível negociar com melo ou com vereadores como Comandante Nádia (DEM). É preciso que os movimentos estudantis, sindicatos e centrais sindicais (como CUT-PT e CTB-PCdoB) convoquem assembleias para mobilizar estudantes e trabalhadores para se enfrentar contra Melo e essa Câmara reaça.

Os rodoviários demonstraram grande disposição na batalha contra a privatização da Carris, é preciso se inspirar nessas forças próprias da nossa classe para seguir a luta. Unificando professores, estudantes e rodoviários numa só luta por um transporte 100% público controlado pelos trabalhadores e usuários. Se está tão ruim para os empresários que larguem o osso!

Pode lhe interessar: Lições da greve da Carris: Uma batalha se perdeu mas a guerra continua

Todos amanhã, quarta-feira (22) às 13h na Câmara de Vereadores de Porto Alegre para gritar contra o corte do meio passe!




Comentários

Deixar Comentário


Destacados del día

Últimas noticias