Sociedade

COPA AMÉRICA

Após confirmação de outras seleções, jogadores brasileiros decidem disputar Copa América

A decisão só deve ser publicada oficialmente após a partida contra o Paraguai, na terça (08/06), as 21h30. Apesar das críticas ao torneio, jogadores teriam decidido participar após a negativa de outras seleções de aderir ao boicote.

segunda-feira 7 de junho| Edição do dia

(Foto: Facebook/CBF)

No manifesto que deve ser divulgado após a partida pelas Eliminatórias da Copa, deverão vir críticas quanto a organização da Copa América em meio a pandemia de Covid-19. Além disso, Rogério Caboclo, agora presidente afastado da CBF, teria gerado insatisfação nos jogadores ao tratar o tema pelas costas destes.

Leia também: Não à lucrativa Copa América dos empresários! Viva o povo colombiano e a nossa mobilização!

Os jogadores brasileiros ficaram isolados em suas manifestações após as outras 9 federações sul-americanas confirmarem sua presença no torneio, apesar de críticas de estrelas como Luis Suárez, do Uruguai, e Kun Agüero, da Argentina. A Argentina era vista como a principal seleção que poderia boicotar a Copa América, junto do Brasil.

Leia também: Mourão ataca Tite para defender realização da Copa América em meio a pandemia

A semana foi marcada por crises na CBF, com o escândalo de assédio sexual protagonizado pelo presidente Caboclo, e as tentativas de interferência do governo de Bolsonaro e Mourão, que vieram atacando especialmente o técnico Tite. Além disso, manifestações contra o torneio já ocorreram no país.

Veja: ESQUERDA DIÁRIO COMENTA I Realização da Copa América no Brasil




Tópicos relacionados

Seleção Brasileira   /    Rogério Caboclo   /    Copa América   /    Conmebol   /    Futebol e Política   /    Futebol e classe trabalhadora   /    CBF   /    Bolsonaro   /    Governo Bolsonaro   /    Hamilton Mourão   /    Jair Bolsonaro   /    Futebol   /    Sociedade

Comentários

Comentar